Friends at home, Friends abroad

Friends at home, Friends abroad é um projeto no âmbito do programa Erasmus + de parcerias estratégicas para escolas (2019-2021). O projeto une escolas primárias da Turquia, Roménia, Bélgica, Espanha e Portugal. Os valores da liberdade, tolerância, respeito pela diversidade e não discriminação são pedras angulares das sociedades europeias. O bullying nas escolas prejudica esses valores. É um fator chave no início da escola e tem efeitos sérios e de longo prazo. O tema do nosso projeto está ligado à Declaração de Paris de 2015, sobre a promoção da cidadania e os valores comuns de liberdade, tolerância e não discriminação através da educação. No quadro estratégico da cooperação europeia na educação e treino (ET 2020) “Educação inclusiva, igualdade, não discriminação” e “combate à discriminação, racismo, segregação, bullying, violência e estereótipos” são alguns das prioridades.

O projeto contribuirá para aumentar a consciencialização sobre a violência contra crianças, respeitar a diversidade nas nossas escolas e promover a paz e a tolerância entre alunos de diferentes países europeus, enriquecendo a consciência intercultural.

Objetivos Específicos

  • reduzir o bullying nas escolas em 10% por meio de treino de professores, alunos, atividades de pais e intercâmbio de alunos; 
  • partilhar boas práticas europeias; 
  • consciencializar os participantes dos direitos da criança, discriminação e bullying; 
  • desenvolver uma política escolar anti-bullying, comparando as suas causas e efeitos nas escolas; 
  • promover a paz e a compreensão mútua entre os alunos; 
  • fortalecer e enriquecer a consciência intercultural e o diálogo entre diferentes grupos étnicos, migrantes e refugiados, através de atividades baseadas na música e na arte, linguagens internacionais de comunicação;
  • aprender a ter empatia com os outros para desafiar o preconceito e a discriminação; 
  • fortalecer as competências digitais dos alunos e professores e o seu nível de proficiência em línguas estrangeiras;
  • desafiar o preconceito.

 

Aproximadamente 3000 alunos e 110 professores estarão envolvidos direta e indiretamente no projeto nas 5 escolas parceiras. Haverá uma reunião de abertura na Turquia, onde serão discutidas a disseminação e implementação do projeto e as LTTs (Learning, Teaching, Training activities, vulgo "mobilidades").

Haverá um evento conjunto de curta duração de professores, em Espanha, e duas atividades de intercâmbio de alunos de curto prazo na Bélgica e na Roménia. Também organizaremos a reunião final em Portugal, onde será realizada a avaliação e será redigido o relatório final.

Será dada ênfase à exploração de abordagens multidisciplinares e as atividades de LTT serão ligadas aos currículos escolares.

 

As metodologias a serem usadas na execução do projeto são o pensamento crítico, trabalhos de pares e de equipa, pesquisas e questionários, formulários de observação, apresentações, formulários de avaliação após cada LTT e o relatório final.  

Várias atividades estão previstas sempre subordinadas à temática "amizade, bullying não": criação de um website, exploração do Etwinning, criação de posters, folhetos, curtas-metragens e canções por alunos e suas famílias, oficinas de formação, design de camisolas, concurso “Desenhe e Pinte os Seus Direitos”, calendários, elaboração de um logótipo do projeto, etc. 

 

Os resultados esperados são:

- maior motivação para aprender inglês, através de um forte sentimento de pertencer à "comunidade europeia";

- reduzir a violência nas escolas parceiras através de uma política escolar anti-bullying recém-desenvolvida;

- um aumento do nível académico dos alunos que sofreram bullying antes;

- melhorar as competências digitais e uma melhor adaptação dos professores à comunidade educacional europeia;

- professores e pais aprenderão os seus papéis e responsabilidades para lidar com o bullying.

 

É nossa intenção trabalhar no problema do bullying ao nível internacional. A troca de ideias e experiências abrirá novas portas para nos sentirmos cidadãos europeus.

A longo prazo, esperamos diminuir a violência nas escolas parceiras devido às diversas atividades realizadas num espírito de amizade. Quando o projeto terminar, esperamos que alunos e professores continuem a mostrar interesse nos idiomas dos países parceiros. As habilidades digitais adquiridas ajudarão os participantes nas  suas vidas, profissões e novos projetos da UE a longo prazo.

 

 

Atividades, notícias e outras informações:

http://www.friendsathomefriendsabroad.eu

Política de Privacidade  |  Facebook  |   CTIC Marinheira

Última atualização em 26 de novembro de 2019