Matemática - 1º Ano

Minimizar

.

A matemática é uma área muito importante e estruturante no 1º CEB. As grandes finalidades do ensino da matemática são:

  • Desenvolver a capacidade de raciocínio;
  • Desenvolver a capacidade de comunicação;
  • Desenvolver a capacidade de resolver problemas.

A resolução de problemas deverá constituir a actividade fundamental desta disciplina.

 • Realizar manipulações que apelem à apreensão da noção de invariância da quantidade.
• Quantificar agrupamentos.
• Descobrir, progressivamente, os números (tendo em conta as possibilidades e ritmos individuais dos alunos).
• Ler e escrever números.
• Efectuar contagens.
• Estabelecer relações de ordem entre números e utilizar a respectiva simbologia >, <, =.
• Ordenar números.
• Colocar números numa recta graduada e orientada.
• Ler e escrever os números por ordem crescente e decrescente.
• Efectuar contagens 2 a 2, 3 a 3, etc.
• Explorar situações que conduzam à descoberta da adição e subtracção.

 Números até 20
• Calcular somas e diferenças (tendo em conta as possibilidades e ritmos individuais dos alunos).
• Compor e decompor números em somas e diferenças.
• Utilizar os sinais « » e «–» na representação de somas e diferenças (representação horizontal a b, a – c).
• Representar relações que envolvam adições e subtracções através de diagramas de setas.
• Praticar o cálculo mental com números pequenos.
• Procurar estratégias diferentes para efectuar um cálculo.

Voltar ao topo

• Manipular objectos.
• Situar-se no espaço em relação aos outros e aos objectos.
• Reconhecer o interior, o exterior de um domínio limitado por uma linha ou por uma superfície fechadas.
• Estabelecer relações entre objectos segundo a sua posição no espaço.
• Conhecer e utilizar o vocabulário: em cima, atrás, à frente, entre, dentro, fora, à esquerda, à direita, sobre, antes, depois,…
• Comparar objectos segundo algumas das suas propriedades.
• Fazer e desfazer objectos utilizando materiais moldáveis.
• Transformar e cortar objectos de materiais moldáveis.
• Fazer e desfazer construções com objectos (tubos, caixas, bolas, tacos, paus, materiais de encaixe, etc.).
• Reconhecer em objectos vários e em modelos geométricos, superfícies planas e não planas.
• Reconhecer e nomear, nos sólidos geométricos, figuras planas: quadrado, rectângulo, triângulo e círculo.
• Desenhar figuras contornando superfícies planas de sólidos geométricos.
• Fazer composições com figuras geométricas (utilizando diferentes meios e instrumentos: recorte e colagem, dobragem, geoplano, tangram, «puzzles»).

Geoplano 


• Desenhar em papel quadriculado:
• — livremente;
• — seguindo regras simples (por ex.: n.o de quadrículas);
• — reproduzindo figuras simples.
• Reconhecer figuras geométricas em diversas posições.  Vídeo 


• Representar figuras geométricas planas utilizando materiais diversificados.
• Explorar simetrias utilizando livremente espelhos.
• Construir figuras simétricas através de dobragens e recortes.
• Deslocar-se num espaço determinado e representar o seu percurso.
• Deslocar-se segundo algumas regras.
• Traçar itinerários no chão.
• Traçar itinerários entre dois pontos:
• — numa grelha desenhada no chão;
• — numa grelha desenhada no quadro;
• — em papel quadriculado.
• Comparar itinerários.

Voltar ao topo

 • Estabelecer relações de grandeza entre objectos.
• Conhecer e utilizar o vocabulário corrente, utilizando nestas relações (alto/baixo, comprido/curto, largo/estreito, pesado/leve…).
• Fazer experiências que conduzam à noção de invariância das seguintes grandezas:
• — Comprimento independente da disposição dos objectos, da matéria.
• — Capacidade-volume, independente da forma do objecto e do conteúdo (água e diferentes líquidos, areia, grãos…).
• — Massa, independente do volume e do número de objectos.
• Fazer experiências utilizando diferentes materiais e objectos que conduzam à comparação:
• — de comprimentos;
• — de capacidade e volumes;
• — de massas.
• Ordenar objectos segundo um critério que envolva a noção de.
• — comprimento;
• — capacidade;
• — massa.
• Efectuar medições com unidades de medida, de escolha livre.
• Estabelecer relações entre factos e acções que levem à distinção de noções temporais:
• — antes/entre/depois;
• — ontem/hoje/amanhã;
• — agora/já;
• — muito tempo/pouco tempo;
• — ao mesmo tempo.
• Relacionar dia/semana.
• Reconhecer o carácter cíclico de alguns fenómenos e actividades (noite/dia, refeições, dias da semana…).
• Conhecer as moedas em uso.

Voltar ao topo

 

  
EB1/PE Visconde Cacongo