Projetos

Minimizar

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO

 

Os Cursos de Educação e Formação visam:

- Permitir a jovens com idade igual ou superior a 15 anos em risco de abandono escolar ou que o abandonaram antes da conclusão da escolaridade de 12 anos, devido a situações de precariedade económica, familiar e social, assim como uma crescente e acentuada taxa de natalidade na adolescência; àqueles que, após conclusão dos 12 anos de escolaridade, não possuindo uma qualificação profissional, pretendam adquiri-la para ingresso no mundo do trabalho. Os cursos de Educação e Formação promovem as condições de empregabilidade e de transição para a vida ativa dos indivíduos e de suporte à elevação dos níveis de produtividade da economia regional;
- Permitir aos alunos/formandos uma certificação escolar e uma qualificação profissional, bem como o prosseguimento dos estudos do nível básico de educação, possibilitando ainda o acesso ao ensino secundário e posteriormente superior.
 
Os discentes propostos a frequentar estes cursos, apresentam um “currículo” com as seguintes características:
Risco de abandono da escolaridade básica;
Comportamento desviante que condiciona a aprendizagem;
Repetição de problemas de integração na Comunidade escolar;
Insucesso escolar;
Faixa etária: a partir dos 15;
Discentes com o 2.º ciclo completo;
Discentes já inseridos no 3.º ciclo (7.º/8.º anos).
 
Componente Letiva dos Cursos de Educação e Formação:
Língua Portuguesa; Inglês; TIC; Cidadania e Mundo Actual; Higiene, Saúde e Segurança no Trabalho; Educação Física; Matemática Aplicada; Alemão; Legislação Laboral e Hoteleira; Enologia; Alimentação Racional e Dietética; Técnicas de Serviço de Bar;.
A Escola da Torre trabalha em parceria com o Hotel Porto Bay e com a Escola de Hotelaria e Turismo da Madeira e também com algumas empresas da área da Informática como a MCI - Maurílio Caires Informática, a MC - Computadores e a FNAC - Madeira.  
 
A escola da Torre aposta nestes cursos de Educação e Formação desde 2001/2002.
 

CURSOS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO COFINANCIADOS - 12 de novembro de 2018


A Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre terá 2 cursos cofinanciados, a decorrer entre os anos letivos 2018/2019 e 2019/2020: o Curso de Empregado(a) de Restaurante e Bar (Tipo 2) e o Curso Instalador(a) e Reparador(a) de Computadores (Tipo 2)

Para mais informação, clique sobre o cartaz:

 

 ler mais ...

CURSOS CEF - CANDIDATURAS ABERTAS... - 8 de maio de 2018

 

Já se encontram abertas as candidaturas para os Cursos de Educação e Formação (CEF) a iniciar no próximo ano letivo. Estarão disponíveis dois cursos, um na àrea da eletrónica e outro na área da Restauração. Ambos os cursos são candidatos a cofinanciamento.

Se estás interessado, faz a tua pré-inscrição na secretaria da escola, ou junto da Coordenadora dos CEF, professora Fátima Félix.

 

 ler mais ...

PERCURSOS CURRICULARES ALTERNATIVOS

 
O Projeto de Percurso Curricular Alternativo destina-se a um grupo restrito de alunos, tem como objetivo primordial desenvolver programas específicos, com o fim de superar as dificuldades reveladas do decurso do processo ensino / aprendizagem, visando o sucesso escolar dos nossos alunos.
Da experiência vivida ao logo dos últimos nove anos letivos, detetámos um conjunto de problema, essencialmente ligados à indisciplina, ao insucesso escolar, à enorme falta de assiduidade e à capacidade de integração destes alunos no meio escolar.
Qualquer proposta da ação educativa tem de apresentar uma adequação tão grande quanto possível às características do meio e da população a que se destina. Para que qualquer proposta tenha sucesso, temos que ter em conta as características da comunidade que rodeia a escola e da própria escola, as características dos alunos e dos professores que vão trabalhar com esses alunos.
A nossa escola encontra-se numa zona onde os problemas sociais e familiares proliferam. Os nossos alunos trazem as incompatibilidades de bairro, as rivalidades de família, os hábitos de quem “vive” na rua.
Os professores envolvidos neste projeto aprenderam, ao longo dos últimos oito anos, a identificar e compreender estes problemas e tem tentado por todos os meios, envidar esforços, no sentido de superar as lacunas existentes, através das múltiplas estratégias implementadas e da readaptação do programa às dificuldades manifestadas pelos alunos.
No entanto, combater a indisciplina, o elevado grau de insucesso escolar e a enorme falta de assiduidade, exige não só, a disponibilidade total do professor, mas também uma reestruturação dos programas curriculares e um conjunto de recursos e estruturas, que privilegiem atividades práticas.
Assim, de acordo com o Despacho Normativo nº1/2006, pretende-se dar continuidade às turmas de Percurso Curricular Alternativo na nossa escola.
Pretendemos desta forma contribuir para:
- Diminuir a indisciplina;
- Diminuir o insucesso escolar;
- Combater a falta de assiduidade e o consequente abandono escolar;
- Integrar os alunos na comunidade escolar;
- Responsabilizar os alunos para o futuro profissional;
- Motivar os alunos de forma a que estes cumpram o ensino básico.
 

PROJECTO APRENDER E ENSINAR EM EQUIPA

Funcionamento do Projeto:
O P.A.E.E. é composto por uma equipa de professores de várias áreas, sendo que, na generalidade, dois ou mais docentes trabalham em conjunto na mesma disciplina. Os professores reúnem semanalmente, sob a presidência de um coordenador com o objetivo de preparar atividades em conjunto, discutir problemas e soluções possíveis, analisar a evolução dos alunos, preparar reuniões com os Encarregados de Educação e alunos, analisar e avaliar as atividades realizadas…De salientar, que fazem parte desta Equipa de Trabalho uma Psicóloga Escolar e duas professoras de Educação Especial.
 
Principais Objetivos:
- Promover o sucesso escolar;
- Estabelecer critérios consensuais de combate à indisciplina;
- Diminuir o abandono escolar;
- Fomentar o trabalho em equipa nos docentes e discentes;
- Promover a imagem da escola como fator de integração.
 
Algumas Vantagens para os Alunos:
- Permite aos alunos um apoio mais apropriado às suas necessidades e de acordo com as suas características;
- Este tipo de ensino proporciona uma visão mais ampla aos alunos, uma vez que estão expostos a mais de uma opinião, o que os estimula e encoraja em termos intelectuais.
 

 

 

EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO PARA ADULTOS

 

Os Cursos EFA são uma oferta formativa assente em percursos flexíveis de formação, para adultos que possuam baixos níveis de escolaridade e de qualificação profissional. São constituídos por componente de formação base e de Formação Tecnológica, ou apenas uma destas.
 
Nota: Podem ser integrados em cursos EFA, Formandos com menos de 18 anos, a título excecional, desde que comprovadamente inseridos no mercado de trabalho e aprovados pelo organismo competente para a autorização de funcionamento do EFA.
 
Total de formandos por Grupo:
Nos cursos EFA, os grupos de formação não devem exceder os 25 formandos.
 
Assiduidade dos Formandos:
Nos cursos EFA, a assiduidade do formando não pode ser inferior a 90% da carga horária total do curso, para os efeitos de Conclusão e Certificação.
Nota: a contagem dos 90% das presenças é relativa à totalidade do percurso formativo.
 
Equipa Pedagógica:
Mediador Pessoal e Social (responsável pelo Curso)
Formadores responsáveis por cada uma das áreas de competências – chave que integram a formação base.
 
Para mais informação:
 

 

 


Programa Eco-Escolas

O Programa Eco-Escolas é uma iniciativa de âmbito internacional da Fundação para a Educação Ambiental, atualmente presente em 64 países. Tem como principal objetivo promover uma cidadania ativa e participativa encorajando ações e premiando o trabalho desenvolvido por cada escola em benefício do Ambiente e da Sustentabilidade.
O seu desenvolvimento visa estimular a criação de parcerias locais entre a escola e as autarquias, empresas e outros agentes interessados em contribuir para a melhoria do Ambiente.
Pretende-se, com a implementação do Eco-Escolas, estimular nas crianças e jovens o hábito de participação nos processos de decisão e a adoção de comportamentos adequados, no seu quotidiano, ao nível pessoal, familiar e comunitário.

 

 

 

 

REDE DE BUFETES ESCOLARES SAUDÁVEIS

 

Este projeto teve o seu início com uma experiência piloto que decorreu na Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos dos Louros, no ano 2000/2001. No ano seguinte surgiu o projeto de educação alimentar "Rede de Bufetes Escolares Saudáveis” de adesão voluntária, com o  objetivo de aumentar o consumo de alimentos saudáveis pela comunidade escolar. Este projeto agregou inicialmente seis escolas e tem vindo a aumentar de forma significativa na maioria das Escolas Básicas de 2.º e 3.º Ciclos e Secundárias da RAM. 

 

Na nossa escola, este projeto está a ser desenvolvido desde o ano letivo 2001/2002, tendo desde então apostado na sensibilização e na promoção de hábitos diários saudáveis na alimentação dos alunos.

 

 

Aviso

Minimizar

A Escola Básica dos 2.º e 3.º Ciclos da Torre declina qualquer responsabilidade em relação ao uso de informação, imagens e vídeos extraídos da sua página oficial e utilizados noutros sítios Web. Obrigado.

EB23Torre @ copyrights