sexta-feira, novembro 27, 2020

Horário de funcionamento

A biblioteca encontra-se aberta todos os dias úteis no seguinte horário:

  • 8:00h -18:00h
  • 19:00h - 21:00h

 Equipa técnica

  • Leonardo Fernandes (Técnico Superior)
  • Luísa Sardinha (Técnica Superior)
  • Virgínia Nóia (Técnica Superior)

Jornal Escola

Minimizar

Selecione no menu Categorias, por ano letivo, para conhecer as várias edições do Jornal Escolar “Virtualmente”.

Procurar
Virtualmente N.º 3
Thumbnail

 Maio 2014



Tamanho 3311 K
Downloads 34
Data qua 10-21-2015 @ 09:14
Autor Élia Freitas
Email
    DESCARREGAR

< ANT  1 de 3  SEG >

Noticias

Pão- por -Deus - 30 de outubro de 2020

Pão-por-Deus

 No dia 1 de novembro, dia de todos santos,comemora-se em Portugal o dia do Pão-por- Deus.É tradição as crianças juntarem-se em grupos para irem de porta em porta pedir o Pão-por-Deus.

Esta tradiçao de partilha mantêm-se até aos nossos dias. Para celebrar esta efeméride, a Biblioteca da  escola, decorou o espaço aludindo ao tema.

 

        

 

Semana da Biblioteca Escolar - 27 de outubro de 2020

 

Outubro é o Mês Internacional das Biibliotecas Escolares.A biblioteca da nossa escola desenvolveu um conjunto de atividades inseridas na Semana da Biblioteca que decorre entre 27 e 30 de outubro, nomeadamente, uma palestra sobre a importância do livro e da leitura, visionamento do filme " Palavras Encantadas", apresentação eletrónica sobre as atividades desenvolvidas na biblioteca ao longo do ano e exposição de livros. Esta semana tem como objectivo dar a conhecer o papel das bibliotecas escolares na promoção do livro e da leitura.

 

 

 

 

Autor do Mês - 2 de outubro de 2020

 Miguel Torga

 

 

Miguel Torga (1907-1995) foi um escritor português, um dos mais importantes poetas do século XX. Destacou-se também como contista, ensaísta, romancista e dramaturgo, deixando mais de 50 obras publicadas.

Miguel Torga, pseudônimo de Adolfo Correia da Rocha, nasceu em São Martinho de Anta, Vila Real, Portugal, no dia 12 de agosto de 1907 e faleceu em 1995. Em 1928 matricula-se na Faculdade de Medicina. Inicia a sua vida literária e publica seus primeiros livros de poemas, “Ansiedade” (1928), “Rampa” (1930), “Tributo” (1931) e “Abismo” (1932). Em 1933 conclui a licenciatura.

Começou a exercer a profissão na sua terra natal. Em 1934, publica “A Terceira Voz”, quando passa a usar o pseudônimo que o imortalizou. Escreveu uma vasta obra, em poesia, prosa, romance e teatro. A sua obra reflete as apreensões, esperanças e angústias de seu tempo, traduz a sua rebeldia contra as injustiças e sua revolta diante dos abusos do poder.

                       

 

 

 

Implantação da República - 1 de outubro de 2020

 A Implantação da República

No dia 5 de outubro de 1910 teve lugar a queda da Monarquia e o início da República, em Portugal.

Na manhã de 5 de outubro, José Relvas e outros membros do Diretório do Partido Republicano Português, à varanda da Câmara Municipal de Lisboa, e perante milhares de pessoas, proclamaram a República.

Os republicanos, uma vez no poder, nomearam o Governo Provisório, presidido por Teófilo Braga para dirigir o país, enquanto não fosse aprovada a nova Constituição e eleito o primeiro Presidente da República – Manuel de Arriaga.

Entre as várias medidas aplicadas destacam-se, a nível do trabalho, a criação dos sindicatos, o direito à greve, 8 horas de trabalho diário, um dia de descanso semanal e proteção na velhice e na doença.

 

 

  


CREM - Centro de Recursos Educativos e Multimédia