domingo, setembro 26, 2021

Horário de funcionamento

A biblioteca encontra-se aberta todos os dias úteis no seguinte horário:

  • 8:00h -18:00h
  • 19:00h - 21:00h

 Equipa técnica

  • Leonardo Fernandes (Técnico Superior)
  • Luísa Sardinha (Técnica Superior)
  • Virgínia Nóia (Técnica Superior)

Jornal Escola

Minimizar

Selecione no menu Categorias, por ano letivo, para conhecer as várias edições do Jornal Escolar “Virtualmente”.

Procurar
Virtualmente N.º 3
Thumbnail

 Maio 2014



Tamanho 3311 K
Downloads 34
Data qua 10-21-2015 @ 09:14
Autor Élia Freitas
Email
    DESCARREGAR

< ANT  1 de 3  SEG >

Noticias

Autor do Mès - 15 de setembro de 2021

 Autor do Mês : Luísa Costa Gomes

Luísa Costa Gomes nasceu em Lisboa, em 1954. Licenciou-se em Filosofia, foi professora do Ensino Secundário e dirigiu a FICÇÕES (revista de contos). É autora de romances, contos, crónicas e peças de teatro. O seu primeiro romance, O Pequeno Mundo, ganhou o Prémio D. Diniz da Casa de Mateus e Olhos Verdes, o Prémio Máxima de Literatura. A obra Contos Outra Vez ganhou o Grande Prémio de Conto da Associação Portuguesa de Escritores. Publicou  ainda os livros infantis A Galinha Que Cantava Ópera (2005), com ilustrações de Pierre Pratt, e Trava-Línguas (2006), com ilustrações de Jorge Nesbitt, A Pirata (2006), romance sobre a aventurosa vida da pirata Mary Read, e o livro Setembro e Outros Contos (2007). O seu romance Ilusão (ou o que quiserem) (2009) recebeu, em 2010, o Prémio Literário Fernando Namora/Estoril Sol, «pela inovação e ágil registo estilístico», como referiu em ata o júri, e o Prémio de Ficção do PEN Clube, ex-aequo com Dulce Maria Cardoso. Cláudio e Constantino (2014) venceu o Grande Prémio de Literatura e Florinhas de Soror Nada, a Vida de Uma Não-Santa (2018), o Prémio de Novela e Romance Urbano Tavares Rodrigues. É uma escritora que se destaca nos mais variados géneros literários.

 

 

 

 

Início do Ano Letivo - 14 de setembro de 2021

 Bem - vindos !

Mais um ano letivo que se inicia. Novas metas, novos desafios, novas aprendizagens. A  equipa da Biblioteca acolheu os alunos do 5º ano, apresentando o espaço e o funcionamento do mesmo, fazendo referência ao horário, às regras e às atividades desenvolvidas.Salientamos, desde já que a Biblioteca  está aberta a toda escolar das 8:00  às 21:00.

Bom Ano Letivo!

Boas Leituras!

!.

 

 

Livro Recomendado - 14 de julho de 2021

 Livro Recomendado: Mar Me Quer

Mar Me Quer é uma obra do conceituado autor moçambicano Mia Couto que aborda a  história de três gerações de uma família narrada em oito curtos capítulos.Em “Mar me quer”, do começo ao fim, Mia Couto  usa um jogo de palavras que seduz o leitor. Uma história de passado, de presente, de futuro. De desejos, mistérios, surpresas, solidão, paixão, amor... Amor de avô, pai, filho, de homem e mulher. Do amor tardio do Zeca por Luarmina, a vizinha de “brumosos passados”, gorda, mulata que ele veio a conhecer após ir morar na casa herdada dos falecidos pais.  São personagens com o seu quê de poético, seres que resistem às agruras que a vida traz, com uma alegria e uma candura digamos que quase biológica.

"Sou feliz só por preguiça. A infelicidade dá uma trabalheira pior que doença: é preciso entrar e sair dela, afastar os que nos querem consolar, aceitar pêsames por uma porção da alma que não chegou a falecer" (pàg. 9)

 

 

Sugestões de Leitura para Férias - 14 de julho de 2021

 Leitura para Férias

Mais um ano letivo  que chega ao fim e como tal  os livros são sempre uma boa companhia neste período de férias. Estes podem acompanhar-nos nos mais variados lugares desde a nossa casa, ao campo, à praia e até mesmo em viagem.Deste modo, sugerimos no placard da Biblioteca, alguns livros que não vai querer deixar de ler.

A equipa da Biblioteca deseja a toda a comunidade educativa  boas férias e boas leituras.

 

 

Autor do mês de julho - 8 de julho de 2021

 Autor do Mês : Alice Vieira

Alice Vieira nasceu e vive em Lisboa.Licenciou-se em Filologia Germânica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.Dedicou-se desde cedo ao jornalismo, tendo trabalhado nos jornais "Diário de Lisboa" (onde, juntamente com o seu marido, o jornalista e escritor Mário Castrim, dirigiu o suplemento "Juvenil"), "Diário Popular" e "Diário de Notícias" e colaborou durante muitos anos com a revista "Activa" e o "Jornal de Notícias".Trabalhou em vários programas de televisão para crianças e é considerada uma das mais importantes escritoras portuguesas de literatura infanto-juvenil. A 7 de Março de 1997 tornou-se  Comendadora da Ordem do Mérito e a 17 de Novembro de 2020 , Grande-Oficial da Ordem da Instrução Pública.

 

 

 

 

Atividade "A Biodiversidade" - 17 de junho de 2021

 "A Biodiversidade"

Realizou-se no dia 14 de junho, na Biblioteca da escola, uma ação de sensibilização acerca do meio ambiente proferida pela professora Cristina Sá da  Secretaria Regional do Ambiente. Esta atividade  incidiu sobre a temática da Biodiversidade, tendo participado  os alunos da turma 7ºF acompanhados do professor Èlvio Pestana. Estes mostraram-se muito interessados colocando diversas questões à oradora. 

 

10 de jumnho- Dia de Camões e das Comunidades Portuguesas - 9 de junho de 2021

 10 de junho-Dia de Camões e das Comunidades Portuguesas 

 

A 10 de junho comemora-se o Dia de Camões e das Comunidades Portuguesas.Feriado nacional, esta data tem como objetivo prestar homenagem ao grande poeta Luís Vaz de Camões que faleceu neste dia no ano de 1580. É o autor   d´Os Lusíadas, a maior obra épica de Portugal. É  considerado também o dia da lìngua e do cidadão nacional.

"Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,

Muda-se o ser, muda-se a confiança"

Luis Vaz de Camões

 

Autor do mês de jjunho - 9 de junho de 2021

 Autor do Mês

José Jorge Letria

                                                              

 

Poeta, dramaturgo, ficcionista e ensaísta português nascido a 8 de junho de 1951, em Cascais..Foi jornalista, guionista e autor de programas de televisão, foi membro da Direção da Sociedade Portuguesa de Autores e vereador da Cultura na Câmara Municipal de Cascais.
Colaborou nas seguintes revistas:  Colóquio /Letras, Hífen, Vértice, Boca Bilíngue, Palimpsesto e Plural. José Jorge Letria está ligado, na criação poética e no ensaio, à canção de intervenção, tendo estado envolvido, por essa via, ao lado de José afonso ou de Ary dos Santos, no processo revolucionário que conduziu ao 25 de abril. A sua obra afirma um investimento em imagens e metáforas e uma vocação para o trabalho da língua (jogos de palavras de que parte muitas das vezes para a construção dos títulos das obras poéticas).
Da sua obra literária, largamente premiada, destaca-se a poesia, que se encontra em grande parte compilada em O Fantasma da Obra (1973-1993).
No ano de 2001, em Barcelona, foi-lhe entregue o Prémio Aula de Poesia. Seis anos depois, foi o primeiro escritor a ser galardoado com o Prémio de Poesia Nuno Júdice, instituído em Aveiro.

 

Atividade: Ilustração de Livros - 4 de junho de 2021

 "Ilustração de Livros"

 

Decorreu no  passado dia 26 de maio entre as 10:30h e as 11:15h a atividade designada “Ilustração de Livros”, realizada pelos professores António Pascal e Nélia. A turma envolvida foi o 6º C, acompanhada pelos professores Rita Fernandes e Miguel Ângelo Freitas. Esta atividade decorreu no espaço da biblioteca e proporcionou aos alunos conhecimentos acerca do Museu Etnográfico, as suas atividades no âmbito educativo e também da criação de algumas obras e ilustrações referentes às mesmas como a história do “Sardas e a Nave Sacarina” e “Cadernos de Campo”.Foi uma atividade muito interessante e enriquecedora.

 

 

Leitura Recreativa/Incluisiva - 1 de junho de 2021

 Leitura Recreativa / Inclusiva

No dia 1 de junho decorreu na Biblioteca da escola a atividade intitulada:Leitura Recreativa/ Inclusiva, organizada pela professora Lisete Rodrigues  em colaboração com a equipa da Biblioteca e com alguns  alunos do secundário. Também contou com a presença dos professores Agostinho Soares e Jaime Nunes, que vieram falar das suas obras. Foi uma  atividade muito interessante com continuidade no dia 2 junho.

 

 

Dia Internacional da Criança - 1 de junho de 2021

1 de junho - Dia Internacional da Criança

No dia 1 de junho celebra-se o Dia Internacional da  Criança. Esta data  visa alertar as pessoas  para os direitos da CRIANÇA, a melhoria das suas condições de vida e o seu desenvolvimento pleno.

"Quando as crianças brincam
E eu as oiço brincar,
Qualquer coisa em minha alma
Começa a se alegrar...."

Fernando Pessoa

 
 

O Cancioneiro Tradicional Madeirense - 13 de maio de 2021

 O Cancioneiro Tradicional Madeirense

 A Associação Xarabanda veio à nossa escola no dia 11 de maio entre as 17:15 e as 18:45. A turma envolvida foi o 9º A, acompanhada pelo professor Salvador. Decorreu na Sala de Educação Musical. A atividade foi dinamizada por Rui Camacho e pela professora Lídia Araújo com o tema O Cancioneiro Tradicional Madeirense. Rui Camacho começou por falar dos objetivos da associação: a pesquisa e divulgação do património musical e cultural madeirense. Realçou a importância de preservar os nossos costumes e as tradições que, infelizmente, estão a desaparecer devido à globalização. Lídia Araújo cantou e tocou braguinha, acompanhada por Rui Camacho que por sua vez cantou e a tocou variados instrumentos musicais tradicionais que trouxeram. Cantaram canções de trabalho, de divertimento, de amor e religiosas. Ainda expuseram lengalengas, contos e adivinhas populares. 

 

 

 

Autor do Mês-Luísa Ducla Soares - 7 de maio de 2021

 Autor do Mês- Luísa Ducla Soares

 

Luísa Ducla Soares nasceu em Lisboa a 20 de julho de 1939. É licenciada em Filologia Germânica pela Universidade Clássica de Lisboa.
Iniciou a sua atividade profissional como tradutora, consultora literária e jornalista. Escreveu guiões televisivos sobre língua portuguesa para os mais jovens.
É sócia fundadora do Instituto de Apoio à Criança.
Realizou todos os sites de Internet da Presidência da República para crianças e jovens no mandato do Presidente Jorge Sampaio.
Tem elaborado para o Instituto Português do Livro e das Bibliotecas e para o Ministério da Educação diversas publicações seletivas da literatura infantil nacional e internacional.
Junto de escolas e bibliotecas, desenvolve regularmente ações de incentivo à leitura.
Participa frequentemente em colóquios e encontros, apresentando conferências e comunicações sobre problemática relacionada com os jovens e a leitura e sobre literatura para os mais novos.
Recebeu o Prémio Calouste Gulbenkian para o melhor  livro do biénio 1984-5 por 6 Histórias de Encantar e foi galardoada com o Grande Prémio Calouste Gulbenkian pelo conjunto da sua obra em 1996. Foi candidata de Portugal ao Prémio Andersen.

 

Em 2004 foi escolhida pela Secção Portuguesa do IBBY (International Board on Books for Young People ) como candidata ao Prémio Hans Christian Andersen .
Em 2009 a Sociedade Portuguesa de Autores distinguiu-a com a sua Medalha de Honra.
Em 2010 foi proposta pela DGLB como candidata de Portugal ao Prémio Ibero-Americano SM de Literatura Infantil e Juvenil.
Em 2018 e 2020 foi  candidata ao prémio sueco ALMA. É uma das grandes escritoras infanto-juvenis da atualidade.

 

.

 

 

 

5 de maio-Dia Mundial da língua Portuesa - 5 de maio de 2021

 5 de maio-Dia Mundial da Língua Portuguesa

 

5 de maio-Dia Mundial da Língua Portuesa


No dia 5 de maio comemora-se o Dia Mundial da Língua Portuguesa, língua falada no Brasil e em alguns páíses africanos.Para celebrar esta data, a equipa da biblioteca, realizou uma exposição alusiva ao tema.

" A minha pátria é a língua portuguesa"

     Fernando Pessoa

 

 

    

 

Dia da Mãe - 30 de abril de 2021

 Dia da Mãe

No primeiro domingo do mês de maio celebra-se   o dia da mãe. Esta efeméride tem como obejectivo principal homenagear todas as mães e reallçar o papel fundamental destas no desenvolvimento dos filhos. A equipa da Biblioteca homenageou as mães com uma pequena exposição no placard. 

A equipa da Biblioteca deseja a todas as mães um  feliz dia.

 

 

1º de Maio-Dia do Trabalhador - 30 de abril de 2021

 1º de Maio-Dia do Trabalhador

O 1º de maio – Dia do Trabalhador

 

O 1º de maio é uma data celebrada internacionalmente. A sua comemoração remonta a 1 de maio de 1886 quando teve lugar uma grande manifestação pacífica e uma greve na cidade norte americana de Chicago. O objetivo era conquistar melhores condições de trabalho, principalmente a redução da jornada de trabalho que chegava às 17horas. Houve confrontos com a polícia que resultou em prisões e morte de trabalhadores.

A luta dos trabalhadores em todo o mundo contribuiu para a conquista de vários direitos e, em alguns países surgiram códigos de trabalho.

No período entre a primeira e a segunda guerra mundial, a duração máxima do dia de trabalho foi fixada em oito horas, na maior parte dos países industrializados.

. O 1º de maio mais marcante realizado, até hoje, em Portugal, foi o que ocorreu oito dias após o 25 de abril de 1974. Todos os anos esta data é comemorada com a realização de algumas manifestações convocadas pela CGTP (Confederação Geral de Trabalhadores de Portugal) e a UGT (União Geral de Trabalhadores).

 

 

 

Dia da Mãe - 30 de abril de 2021

 

 

Dia Mundial do Livro - 23 de abril de 2021

 Dia Mundial do Livro

No dia 23 de abril celebra-se o dia mundial do livro.A Biblioteca juntou-se a esta iniciativa ,expondo no placard uma pequena informação sobre a importância dos livros e da leitura, no processo do ensino e aprendizagem da língua materna.De salientar também o papel da literatura na formação educativa dos alunos.

Um livro é um sonho que seguramos nas mãos.” (Neil Gaiman).

 

A Revolução do 25 de Abril - 22 de abril de 2021

A Revolução do 25 de Abril de 1974

 A Revolução do 25 de Abril, também conhecida como a Revolução dos Cravos ou Revolução de Abril, foi um movimento ocorrido a 25 de abril de 1974 que depôs o regime ditatorial do Estado Novo, vigente desde 1933 e iniciou o Regime Democrático. Esta ação foi liderada por um movimento militar, o movimento das Forças Armadas, composto na sua maior parte por capitães.

As principais causas desta revolução são a repressão de liberdades civis, liberdade política e liberdade de expressão.

No dia 24 de abril de 1974 às 22h55, é transmitida a canção "E Depois do Adeus", de Paulo de Carvalho, pelos Emissores Associados de Lisboa. O segundo sinal é dado às 00h20, quando a canção "Grândola Vila Morena", de Zeca Afonso, é transmitida pela Rádio Renascença, o que confirma o Golpe Militar e marca o início das operações.

 

 

 

  

 

Comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios - 22 de abril de 2021

Bonecas de Massa

O evento Bonecas de Massa teve lugar no dia 19 de abril entre as 10h30 e as 12h, com a turma 6.ºD. Decorreu na sala EVT2, durante as aulas dos professores Rita Fernandes, Roberto Joaquim e Sónia Vieira.
Esta atividade, enquadrou-se na comemoração do Dia Internacional dos Monumentos e Sítios assinalado no dia 18 de abril e teve como objetivo a preservação do património imaterial da Madeira dando continuidade ao mesmo. Foi dinamizada por dois professores do Museu Etnográfico da Madeira: Nélia Reis e Pascoal

 

 

Autor do mês de abril - 16 de abril de 2021

Jorge Amado

Escritor brasileiro

 

Biografia de Jorge Amado

Jorge Amado (1912-2001) foi um escritor brasileiro, um dos maiores representantes da ficção regionalista que marcou o Segundo Tempo Modernista. Sua obra é baseada na exposição e análise realista dos cenários rurais e urbanos da Bahia.

Em janeiro de 1914 mudou-se com a família para a cidade de Ilhéus, onde passou a infância. Com 11 foi estudar no Colégio Antônio Vieira, em Salvador, onde aprendeu o gosto pela leitura com o padre Cabral.

Aos 12 anos fugiu do internato e foi para Itaporanga, em Sergipe, onde morava seu avô. Depois de alguns meses, seu pai mandou buscá-lo e sem desejar voltar para a escola, Jorge foi plantar cacau.

Depois de seis meses no meio do povo, tomou conhecimento da luta entre fazendeiros e exportadores de cacau, que iria marcar fortemente sua obra de romancista.

Em Salvador, ingressou no liceu Ipiranga, onde fez o curso secundário. Ligou-se à "Academia dos Rebeldes", um grupo de jovens, chefiado por Pinheiro Viegas, que tinha como objetivo a renovação literária.

Dirigiu dois jornais, “A Pátria” o jornal oficial, e “A Folha”, fundado por ele, que contestava A Pátria. Com 14 anos estreou na revista “A Luva”, com um poema de feições modernistas.

Ainda com 14 anos começou a trabalhar no "Diário da Bahia", depois em “O Imparcial”. 

 

 

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios-18 de abril - 16 de abril de 2021

 

 

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

 

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é celebrado a 18 de abril. Foi instituído em 1982 pelo ICOMOS (Conselho Internacional dos Monumentos e Sítios) e aprovado pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) no ano seguinte. Esta data visa promover os monumentos e sítios históricos e valorizar o património a nível local, regional, nacional e mundial. Tenta alertar a consciência pública relativamente à diversidade do património e à necessidade da sua conservação e proteção.

O programa de comemorações é normalmente composto por atividades culturais de diversas tipologias – visitas guiadas e temáticas, espetáculos artísticos, exposições, conferências, debates, seminários, rotas patrimoniais, itinerários culturais, documentários, filmes, etc.

Para 2021, o tema proposto pelo ICOMOS e pela UNESCO é Passados Complexos: Futuros Diversos. 

 

 

Boneca de Massa-Património Imaterial da Madeira

 

Páscoa - 31 de março de 2021

Páscoa

A Páscoa é um feriado cristão comemorado, normalmente em família, em várias partes do mundo e com as mais diversas tradições. Páscoa é  tempo de reflexão e de renascimento mas também de alegria e diversão onde não podem faltar os ovinhos de chocolate, os coelhinhos e as amêndoas que fazem a delícia de miúdos e graúdos.

A equipa da Biblioteca  deseja a toda a comunidade educativa  uma Santa e Feliz Páscoa.

 

  

 
 
CREM - Centro de Recursos Educativos e Multimédia