domingo, outubro 20, 2019

Historial da Oficina

A Sala de Estudo desta escola surgiu para dar resposta a uma lacuna existente no meio discente (2.º e 3.º ciclo) no que concerne aos métodos de trabalho e de estudo e estratégias de aprendizagem. Assim, no ano de 1998 foi apresentada uma proposta em Conselho Pedagógico, por parte da professora Elsa Baptista. A citada proposta apresentava como objetivos prioritários:

  • Apoiar e facilitar a organização do trabalho (aprender a aprender/ desenvolver técnicas de estudo);
  • Orientar os alunos nas dificuldades diagnosticadas;
  • Sugerir atividades alternativas de remediação e compensação;
  • Aprendizagens básicas transdisciplinares ou transversais (investigar/ utilizar o manual...);

Apoiar e orientar comportamentos e atitudes (autonomia/ comportamento/ responsabilização/ relação). À Sala de Estudo foi atribuído o nome de “Oficina de Aprendizagem”, pois este desdramatiza a imagem associada pelos alunos a “sala” e a “estudo”, palavras non gratas. Ao longo do ano letivo 1998/99 a Oficina de Aprendizagem funcionou mediante propostas apresentadas pelos professores e por um regime de voluntariado.

Durante os primeiros meses foram criados instrumentos de trabalho, nomeadamente um Regulamento Interno Próprio, Fichas de Diagnóstico, Fichas de Levantamento de Dados, Fichas de Justificação de Faltas, Fichas de Percurso, Dossiers com fichas de trabalho com material específico para cada disciplina e nível de ensino (com auto correcção), selecção de manuais, etc. Estes materiais foram criados com o intuito de obter uma boa organização interna essencialmente das aprendizagens dos alunos. A sala foi também equipada com material audiovisual (computadores, televisão, aparelho de C.D., retroprojetor, projetor de slides, material de uso corrente, etc.).

Neste primeiro ano de funcionamento da oficina o balanço foi positivo na medida em que os alunos propostos e voluntários demonstraram interesse e empenho nas atividades, uma vez que se depararam com uma situação inovadora em termos de aprendizagem. A Oficina de Aprendizagem funcionou nestes moldes até o ano 2002/ 2003, quando foram introduzidas algumas alterações com o objetivo de tornar este espaço mais apelativo e acolhedor. Para tal, paralelamente à componente de estudo criou-se uma componente lúdica.

Devido à grande afluência de alunos e dado que estas duas componentes funcionavam em simultâneo no mesmo espaço, para o ano lectivo 2003/ 2004 decidiu-se fazer a grande aposta na componente de estudo. Esta sala conta presentemente com uma equipa de professores com perfil específico para este género de atividades, o que associado à divulgação abrangente feita junto dos alunos e encarregados de educação, no início do ano letivo, revelou-se bastante frutífera, atingindo números nunca antes vistos.

De salientar ainda que nas instalações da Oficina está a ser feito um trabalho de apoio aos Luso Descendentes, por dois elementos da equipa, em articulação com o Núcleo de Apoio Educativo. Este trabalho contempla horas de Apoio para a aprendizagem da língua portuguesa e horas de encaminhamento/ inserção social destes alunos.



CREM - Centro de Recursos Educativos e Multimédia