Pensamento do mês

Minimizar

 

Início do Ano Letivo 2022/23

Minimizar

Contatos

Minimizar

 

Colégio Santa Teresinha

Pedro José de Ornelas, n.º19, 9050-069 Funchal

 E-mail: cstf@live.com.pt

Telefone: 291229095

Horários Escolares 2022/23

Minimizar

Manuais Escolares 2022/23

Minimizar

Ensino à Distância

Minimizar

 

Plano de Contingência

Minimizar

Calendário Escolar

Minimizar

 

 

Moodle

Minimizar

Office 365

Minimizar

Ementa

Minimizar

 

Almoço

____________________

Lanche

 

 

 

Logótipo CST

Minimizar

SeguraNet

Minimizar

Irmã Wilson

Minimizar

Horários 2021/2022

Minimizar

Notícias

Minimizar
PELO PARQUE RIBEIRA PRIMEIRA
RESULTADOS DE VALOR NAS PROVAS FINAIS
FINALIZAR NO PARQUE TEMÁTICO
FIM DE CICLO DE CATAMARÃ
AO PASSEIO PELA LEVADA DOS TORNOS
VIAJANDO ATÉ À “INTERNET SEGURA”
FESTEJAR NO PORTO MONIZ
A CAMINHO DO FIM
PARTIMOS. VAMOS. SOMOS FINALISTAS!

Notícias

Minimizar
Autor: Início: 13/10/2016 10:54
...
Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2022 13:55

Depois da fase escolar e das reuniões, preparatória e de comissão, houve a tão aguardada sessão plenária do Parlamento Jovem Regional, na sala do hemiciclo da Assembleia Legislativa da RAM, a 6 de maio.

Nesta sessão, participaram três alunos do sétimo ano do Colégio de Santa Teresinha: José Pedro Gaspar, como vice-presidente da mesa; Constança Pereira e João Maria Neves, no papel de deputados.

Primeiro, os jovens deputados apresentaram o seu projeto de recomendação sob o tema "A recuperação do património histórico e cultural da Madeira". Depois, tiveram a oportunidade de intervir no debate e colocar algumas questões aos deputados representantes de cada bancada parlamentar. Por fim, o lanche convívio oferecido pelo senhor presidente da Assembleia Legislativa Regional foi outro momento de partilha e de grande aprendizagem.

É de realçar que este projeto, ao educar para a cidadania e ao promover o debate democrático e o respeito pela diversidade de opiniões, entre outros objetivos, vem tornando os jovens madeirenses cidadãos mais participativos, confiantes e competentes.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2022 13:41

Durante o ano letivo, foram muitas as atividades desportivas operacionalizadas na aula de educação física, para os alunos dos três níveis de ensino, no âmbito do atletismo.

Assim sendo, é de destacar o projeto Mega, com duas provas: salto em comprimento e corrida de velocidade de 40 metros, que ocorreu a 5 de maio. Vinte dias depois, foi a vez do corta-mato que contou com a participação de 236 alunos dos 3.º aos 9.º anos. Foi essencial a colaboração da PSP que, com meios materiais e humanos, contribuiu para o sucesso do evento. Foram medalhados os três primeiros classificados de cada prova.

Além da promoção da atividade física e de hábitos de vida saudáveis, pretendeu-se, com o projeto Mega e o corta-mato, desenvolver a psicomotricidade de forma global e fomentar a socialização, a cooperação, a persistência e a solidariedade. E criar um espaço de partilha onde os valores olímpicos da amizade, do respeito e da excelência fossem notórios.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2022 13:31

Na senda da qualificação individual e da cidadania democrática, realizou-se, com os alunos finalistas do nono ano de escolaridade, a visita de estudo à Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, entre 18 e 20 de maio.

Orientados pela Dra. Maria do Carmo Jesus, os alunos foram acolhidos junto à Capela de Santo António da Mouraria e, no exterior, entre fotografias, guardaram alguns ensinamentos. Primeiro, tomaram conhecimento que a Assembleia Legislativa da Madeira, nos termos do Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma, exercia funções políticas, legislativas e de fiscalização. Depois, entre outras informações partilhadas, souberam que o edifício da Assembleia, antiga Alfândega do Funchal, fora construído no século XVI, tendo sido alvo de várias obras de adaptação e remodelação ao longo dos séculos.

No interior do edifício, no salão nobre, os alunos conheceram o funcionamento do Parlamento, desde as competências aos órgãos da Assembleia Legislativa, passando pela simbologia da autonomia.

Em seguida, no andar superior, visitaram a sala rosa, a sala de comissões e a biblioteca. Nestes espaços de interesse histórico e arquitetónico, conheceram, ainda, obras e peças de mobiliário dos séculos XVII e XVIII.

Por último, os alunos foram à sala do hemiciclo onde tiveram a possibilidade de experimentar os lugares dos deputados, tendo uma das turmas tido o privilégio de conhecer o Presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira, o Dr. José Manuel de Sousa Rodrigues.

Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2022 13:28

A vida em democracia tem sido um apanágio da maior parte das sociedades ocidentais. Saber viver e exercer uma democracia consciente é a grande preocupação do poder político, que, através da educação, ensina os valores democráticos.

Neste contexto, na disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, os alunos do 9.º ano investigaram sobre as várias instituições democráticas, nacionais e internacionais, ficando a conhecê-las e, sobretudo, percebendo as suas funções. Entre muitas outras instituições, surgiram trabalhos sobre a Assembleia da República, a Assembleia Legislativa Regional, o Tribunal de Contas, o Tribunal Penal Internacional, a NATO, o Banco Central Europeu e o Parlamento Europeu.

Como conclusão desta operacionalização, estão os trabalhos em exposição no quarto andar, permitindo, assim,  dar a conhecer a toda a comunidade educativa o papel destas instituições numa sociedade que se quer democrática, inclusiva, igual e justa.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2022 13:23

No âmbito da disciplina de História, os alunos do 7.º ano de escolaridade visitaram o Museu de Eletricidade, ficando a conhecer um pouco sobre a eletrificação do Arquipélago da Madeira.

Desde os candeeiros mais primitivos, onde a chama se fazia através do uso de óleo e, mais tarde, de petróleo, e cuja manutenção era extremamente difícil, até aos candeeiros mais modernos e mais numerosos, inicialmente no Funchal e, depois, por toda a ilha, chegando, também, ao Porto Santo, os alunos perceberam a evolução acontecida nesta área.

As máquinas de outrora, agora desativadas, maquetes ilustrativas da energia produzida, utilizando os recursos hídricos, e módulos interativos, complementaram a visita, tornando-a interativa e captando o interesse dos nossos alunos.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 15/06/2022 09:33

Primeira fotografia da história, por Joseph Nicéphore Niepce, 1816.

No âmbito da disciplina de História, os alunos do 8.º ano fizeram uma visita de estudo ao Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicentes.

A 9 de maio de 1816, usando uma caixa de madeira, o francês Joseph Nicéphore Niepce conseguiu, pela primeira vez na história, gravar uma imagem numa folha de papel sensibilizado quimicamente. Um processo que hoje se faz num segundo levou, na altura, cerca de sete horas para se conseguir concretizar.

Perante este e outros factos curiosos, completamente diferentes da realidade atual, os alunos mostraram-se incrédulos perante as dificuldades que não são capazes de materializar.

As poses rígidas, os semblantes pesados, as roupas de cerimónia e o facto de ser considerado um momento quase solene a ida de uma família ao estúdio para tirar uma fotografia, contrasta com facilidade com que hoje se carrega num botão e, rapidamente, se obtém, de forma digital, um retrato ou uma imagem de uma paisagem.

Nesta visita, contribuiu-se, assim, para a qualificação individual do aluno, munindo-o de conhecimentos que lhe permitam analisar e questionar criticamente a realidade que o rodeia, em comparação com o passado.

Por admin.colegiosteresinha Em 09/06/2022 13:41

Os alunos do Colégio de Santa Teresinha puderam contemplar de perto os símbolos da Jornada Mundial da Juventude, conhecendo melhor o propósito deste evento religioso, que decorrerá de 1 a 6 de agosto de 2023, em Lisboa.

A Jornada Mundial da Juventude, cujo início remonta ao ano de 1986, é um encontro dos jovens de todo o mundo com o Papa. Com uma identidade claramente católica, este evento apresenta-se como um momento importante na evangelização dos jovens, procurando veicular valores de justiça e de solidariedade. Tendo os jovens como protagonistas, a Jornada Mundial da Juventude procura, também, promover a paz, a união e a fraternidade entre os povos e as diferentes nações.

A Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora “Salus Populi Romani” são os dois símbolos que acompanham este evento. Nos meses que antecedem cada Jornada, os símbolos partem em peregrinação para serem anunciadores do Evangelho e acompanharem os jovens, de forma especial, nas realidades onde vivem.

Na manhã de 20 de maio, estes símbolos estiveram no Colégio de Santa Teresinha e, no ginásio, assinalou-se o momento em festa. Dos cânticos, gestos, orações à entoação do Hino “Há Pressa no Ar”, os alunos dos vários ciclos de ensino foram sensibilizados para a importância deste evento e participaram em verdadeiro espírito de comunhão. 

Por admin.colegiosteresinha Em 09/06/2022 13:24

Foi com grande entusiasmo que, a 23 de maio, os alunos dos clubes de Robótica e TecnoArtes apresentaram os projetos desenvolvidos ao longo do ano letivo aos colegas e aos encarregados de educação. Registe-se a presença do Secretário Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, o Dr. Jorge Carvalho, que assistiu, com agrado, à demonstração de cada projeto.

O trabalho operacionalizado nestes clubes permite que se alie a aprendizagem às novas tecnologias, motivo que desperta grande interesse nas crianças e jovens dos nossos tempos. Assim, nestes projetos participam alunos do primeiro ao terceiro ciclos.

Foram robôs aquáticos, animais engraçados e instrumentos musicais que fizeram as delícias dos que passaram pelo ginásio do Colégio, observando e interagindo com estes trabalhos.

Parabéns a todos os nossos cientistas!!!

 

Por admin.colegiosteresinha Em 05/06/2022 18:52

Na passada manhã de 18 de maio, quatro alunos do Clube TecnoArtes do Colégio de Santa Teresinha participaram no Encontro Escolar ROVALL, no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal. Este evento, operacionalizado pelos projetos ROVALL e Observatório Oceânico da Madeira, contou com a presença de outras sete escolas.

Os alunos Beatriz Rodrigues, Daniela Ferraz, Denis Ameixa e Vitaliy Markevych puderam partilhar e testar os robôs submarinos, os ROVs (veículos operados remotamente), que criaram em contexto escolar no Clube Tecnoartes, sob a orientação do professor Rúben Alves.

Com o Projeto ROV4ALL, resultante de uma parceria entre várias entidades, pretende-se que alunos do 9.º ano do Ensino Básico e alunos do Ensino Secundário da Madeira, Açores, Lisboa e Algarve construam os seus próprios ROVs, a partir de um kit produzido para o efeito e com o apoio da equipa do projeto.

Financiado pelo Fundo Azul da Direção-Geral de Política do Mar, este projeto tem o propósito de promover o conhecimento das potencialidades dos ROVs no estudo científico do oceano e na exploração de recursos marinhos e estimular o interesse pelas ciências marinhas e pelas tecnologias de estudo e exploração do oceano.

Neste sentido, a partir das tecnologias de estudo, continua o Clube TecnoArtes a fazer da formação integral dos alunos uma prioridade! 


Por admin.colegiosteresinha Em 05/06/2022 18:40

No mês de maio, o 1.º ciclo explorou a história de Nossa Senhora e de Os Três Pastorinhos. Todas as manhãs, foi feita a oração Avé-Maria e Consagração a Nossa Senhora, ao som do vídeo            “https://youtu.be/vW8kE1_7juU”. 

Na véspera do dia treze, cada aluno trouxe uma flor branca, para decorar o andor de Nossa Senhora.  

Já no dia treze, foi feita uma oração, no ginásio, com todos os alunos deste ciclo e, de seguida, o andor foi transportado, por homens de fé, para o segundo andar. As crianças acompanharam este pequeno trajeto, entoando o belo cântico “A treze de maio”.  

Rodeada de flores brancas, imaculada, Nossa Senhora permanece no segundo andar, dando as boas-vindas a toda a comunidade escolar.   

E, assim, se homenageou Nossa Senhora na casa de Santa Teresinha sob a pequena grandura dos alunos de 1.º Ciclo.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 05/06/2022 18:30

CriaPOESIA - Encontro Juvenil do Atlântico

Depois da cerimónia de entrega de prémios do CriaPOESIA, no auditório da reitoria da Universidade da Madeira, 12 dos 20 alunos do Colégio de Santa Teresinha participaram, a 21 de maio, no Cruzeiro Poético, entre o Funchal e o Porto Santo, no navio Lobo Marinho.

Tendo em conta a programação da organização, toda a comitiva recebeu, à chegada ao Porto do Funchal, uma camisola amarela a lembrar o areal e o sol dourados do Porto Santo. Passada a viagem tranquila com animação a bordo, deu-se a chegada com uma receção de boas-vindas dirigida pela Câmara Municipal. Ouvidos as palavras sentidas da organização, na voz do seu presidente, o Dr. João Carlos Abreu, do quiosque das lambecas, a saborear o artesanal e cremoso gelado, passou-se à caminhada pela bela praia de areia dourada. A tarde foi de grande alegria, sob um dia soalheiro pintado de céu azul, entre risos, partilhas e águas cristalinas.

A cultivar o gosto pela poesia visual e pela leitura de poesia, criou-se um momento de convivialidade. Bem-haja, CRIAMAR, por esta iniciativa tão profícua!

 

Por admin.colegiosteresinha Em 05/06/2022 18:06

A estimular o gosto pela aprendizagem do português e das línguas estrangeiras, ocorreu, entre 2 e 6 de maio, a Semana das Línguas, sob o mote do poder da comunicação. Foi uma semana recheada de iniciativas, onde o trabalho colaborativo foi determinante para o entretenimento e a criatividade em cada atividade partilhada.

Abriu-se a Semana, na manhã de 2 de maio, com as exposições “Nas Asas da Imaginação”, “Comunicando com os Media” e “Intercâmbio Madeira – Swansea (País de Gales)”. Pela tarde, foi tempo de Concurso de Caligrafia, em que quinze alunos, um por turma, do 5.º A ao 9.º C, competiram na cópia do poema “Para Sempre”, de Carlos Drummond de Andrade.

No dia seguinte, houve visita guiada ao Teatro Municipal Baltazar Dias para os alunos do oitavo ano e a exposição “Around the world in eighty days” junto à biblioteca do colégio.

O dia 4 de maio foi dedicado à magia da leitura. Primeiro, operacionalizou-se o Concurso “Grandes Leitores” com a participação dos alunos do segundo ciclo.  Em seguida, desenvolveu-se uma festa no ginásio do colégio com dois convidados especiais, a Dra. Fátima Matos, que destacou as vantagens da leitura, e o Dr. Fernando Figueiredo, que glorificou os livros da sua vida. A abrilhantar esta festa, foram muitos os participantes do Concurso Nacional de Leitura, fase escolar e fase regional, a apresentar o seu talento num recital de poesia, adocicado pela bela voz da aluna finalista Júlia Ochôa.

A 5 de maio, 36 alunos dos segundo e terceiro ciclos, distribuídos em seis equipas, participaram no Concurso “Língua Viva” na biblioteca. À vez, responderam a perguntas em português, inglês, francês e alemão.

Encerrou-se esta Semana com Teatro na Escola, no ginásio, com três momentos de dramatização interpretados pelos alunos do segundo ciclo e do nono ano. Depois das peças alusivas à Pascoa e à interculturalidade, assistiu-se à encenação do Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente, por parte dos finalistas de terceiro ciclo. Depois, ainda se admirou a galeria de trabalhos no rés-do-chão, segundo a temática “Auto da Barca do Inferno, um olhar contemporâneo”. Por último, distinguiu-se o Concurso “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas” com a participação de cinco trabalhos em escrita criativa.

E, assim, a escrever, a ler, a dramatizar, a partilhar, a COMUNICAR, fez-se de cada iniciativa desta SEMANA um momento de APRENDIZAGEM. 

Por admin.colegiosteresinha Em 21/05/2022 17:21

OURO NA FASE REGIONAL! (CNL)

E foi com grande distinção que se fechou a Fase Regional do Concurso Nacional de Leitura. Dos seis participantes do Colégio de Santa Teresinha, ficaram apurados três para a Fase Nacional, um por cada ciclo do ensino básico (1.º, 2.º e 3.º ciclos).

Esta fase, constituída por duas provas de caráter oral, decorreu entre 18 de março e 27 de abril, sob a orientação da Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira (DRABM), em parceria com a Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, através da Direção Regional de Educação.

Os alunos realizaram a prova de leitura expressiva e a prova de texto argumentativo. A apreciação das provas teve lugar a 26 de abril, de forma não presencial, tendo as mesmas sido gravadas e enviadas em formato audiovisual.

Na leitura expressiva, os alunos conheceram a poesia de obras como E para o poeta outro modo de olhar, João Manuel Ribeiro; Poucas letras, tanto mar, de João Pedro Messender e Ana Biscaia; Antes de Mais e Depois de Tudo, de Regina Guimarães. Para a prova de argumentação, puderam discursar acerca de temas tão atuais, entre eles, o sofrimento das crianças advindo do conflito militar na Ucrânia.

Pela leitura e com o coração cheio de tanta aprendizagem, caminham para Almada, a 4 de junho, as alunas Júlia Silva (1.º Ciclo), Maria Inês Ribeiro (2.º Ciclo) e Ana Maria Silva (3.º Ciclo).

Que a Fase Nacional vos corra bem! Que tenham a oportunidade de brilhar em palco!

PARABÉNS a estas leitoras de excelência e a todos os participantes que continuam a fazer da LEITURA uma GRANDE FESTA!

 
Por admin.colegiosteresinha Em 15/05/2022 16:27

Desde 1986 que se comemora, a 9 de maio, o Dia da Europa.

A atual União Europeia encontra as suas raízes na Declaração Schuman, proferida pelo ministro francês dos Negócios Estrangeiros, Robert Schuman, a 9 de maio de 1950. Esta Declaração propunha a criação da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço (CECA) e nela pode-se ler: «A Europa não se fará de uma só vez, nem de acordo com um plano único. Far-se-á através de realizações concretas que criarão, antes de mais, uma solidariedade de facto.» E, assim, tem vindo a acontecer!

Celebrando o espírito da união das nações, os alunos do oitavo ano, turma A, foram convidados a participar na comemoração do Dia da Europa, promovida pela Assembleia Legislativa Regional. Numa conferência subordinada ao tema “A União Europeia da juventude: a participação dos jovens na construção europeia”, os alunos foram motivados pelos oradores a refletir sobre a importância da participação e integração da juventude no processo de decisão europeu, nas eleições nacionais e europeias, e a promoção do seu conhecimento sobre a ultraperiferia. Abordou-se, também, a questão da abstenção jovem e elencou-se um conjunto de medidas para contrariar este fenómeno.

A organização deste evento ficou a cargo de João Tiago Sousa, ex-aluno do Colégio de Santa Teresinha e agora, no âmbito da sua formação superior, estagiário na Assembleia Legislativa Regional. Muito parabéns, João Tiago! É com muito orgulho que vemos os nossos alunos “ganharem asas e voar”. 

Por admin.colegiosteresinha Em 15/05/2022 16:15

A palavra matemática é frequentemente associada a um “bicho papão”, mas a matemática não tem de ser assim!

Foi este o entendimento de Tito Martins, professor de biologia e geologia, que, perante as dificuldades dos seus alunos, resolveu ensinar a matemática de forma lúdica. Fugindo dos moldes tradicionais, Tito Martins inventou um jogo ao qual deu o nome de SuperTmatik.

Este jogo tem como objetivos desenvolver o cálculo mental das operações matemáticas básicas e estimular as capacidades de memória e criatividade. Segue a lógica da superação de níveis, cada um mais complexo que o anterior. 

Em 2006/2007, realizou-se o primeiro Campeonato Nacional SuperTmatik, no qual participaram 12 mil alunos de todo o país. Este ano, já na sua 4.ª edição, conta com a participação de quatro alunos do 8.º ano do Colégio de Santa Teresinha: Alexandre Neves, Diogo Silva, José Tomás Freitas e André Vieira.

 Boa sorte para os nossos meninos que, de forma destemida, não hesitaram em abraçar este desafio.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 15/05/2022 15:46

Os alunos finalistas do 1.º Ciclo foram desafiados a falar sobre o cyberbulling.

Numa fase inicial, fez-se um brainstorming, permitindo a partilha de situações ligadas ao uso das redes sociais.  Numa segunda fase, os alunos recorreram à web para fazer uma pesquisa sobre o conceito, o que permitiu um debate profundo e profícuo.

Esta atividade culminou num guião para dois podcast's que enumeram e exemplificam os aspetos mais importantes do cyberbulling. Desta forma, estamos em crer que este trabalho permitiu que os nossos alunos possam identificar possíveis situações de que são alvo, mas, e sobretudo, sejam agentes de combate destes comportamentos.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 15/05/2022 15:25

É aquela que nos carrega e a primeira que nos sente; é aquela que nos afaga e nos enxuga as lágrimas quando o mundo parece desabar; é aquela que nos incentiva, que nos prepara e que nos acompanha; é aquela que sempre acreditará em nós, sempre terá uma palavra de carinho e sempre nos dará um colo; é a nossa MÃE!

Do pré-escolar ao 2.º ciclo, os alunos realizaram trabalhos que pretenderam homenagear a sua querida MÃE. O AMOR será sempre o melhor presente de um filho para a sua MÃE; contudo, os miminhos preparados pelos nossos alunos para celebrar o Dia da Mãe ajudaram a imortalizar este amor. Flores, postais, versos e diplomas fizeram a delícia deste dia.

Parabéns para todas as MÃES! 

Por admin.colegiosteresinha Em 01/05/2022 19:04

No âmbito do estudo do teatro dramático na disciplina de português, os alunos do segundo ciclo assistiram à peça “Impossível”, sob a direção artística da premiada ilustradora Catarina Sobral, no Teatro Municipal Baltazar Dias, a 28 de abril.

A partir da sintonia entre a atriz Madalena Marques e as ilustrações manipuladas ao vivo pela ilustradora, a peça narra a história do universo, desde o Big Bang ao aparecimento do homem, proporcionando uma viagem entre astros e dinossauros.

Entre outros objetivos, esta atividade de enriquecimento curricular visou despertar o gosto pelo teatro, estimular a criatividade, diversificar metodologias de ensino/ aprendizagem e proporcionar momentos lúdicos e divertidos.

Através desta peça, os alunos puderam contactar com os valores da tolerância e do respeito. O respeito pela natureza e o respeito pelos animais foram evidenciados com a ideia de que todos os seres vivos são feitos da mesma matéria.

 E, neste espetáculo interativo, os alunos fizeram parte de uma narrativa amplamente criativa e enriquecedora cheia de cor e magia.

Por admin.colegiosteresinha Em 01/05/2022 18:56

Num mundo onde tudo acontece muito rápido, onde não há tempo para grandes reflexões, onde as pessoas se olham, mas não se veem, onde a tecnologia substitui o contacto humano e onde a concretização é mais importante do que a qualidade do que se concretiza… parámos e refletimos.

Num mundo onde o imediato é a razão da vida, onde os contactos furtuitos parecem substituir o afeto e a hospitalidade, onde se faz, mas não paramos para contemplar a obra, porque o que interessa é fazer… parámos e refletimos.

Foi isso que aconteceu no passado sábado, dia 22 de abril, na Escola ARENDRUP, no Santo da Serra, onde um grupo de profissionais da educação das várias escolas da Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, se juntou para, sob o tema “Comunidade Educativa – Fortalecer a União e a Missão a exemplo da Irmã Wilson”, refletir sobre os desafios que são hoje exigidos aos educadores.

Este encontro contou com a presença do Senhor Padre Paulo Silva, que orientou os trabalhos, partilhando ideias e incitando à reflexão.

A sua intervenção partiu das virtudes da (e)terna Irmã Mary Jane Wilson, a nossa “Boa Mãe”. Mais do que ninguém, a nossa fundadora defendeu a união como valor de todas as ações para a concretização do bem.

Qualquer comunidade educativa não só encontrará o seu sentido na união de todos os que estão dentro da escola como também na união com aqueles que, fora do espaço da escola, preenchem a vida dos nossos alunos, a família. Nas palavras do Senhor Padre Paulo Silva, “É preciso entender o contexto do aluno.”.

Norteados por valores positivos, torna-se importante que cada um de nós integre projetos que não são deste ou daquele, mas de todos os elementos da comunidade educativa. Para fazer nascer e concretizar projetos, é preciso vontade e unidade.

Comparou-se o caminho que trilhamos nas escolas ao caminho sinodal. A nossa comunhão numa missão concreta e conjunta vai-nos fortalecendo. A unidade, a universalidade e a diversidade do povo de Deus manifesta-se no caminho sinodal e assim é nas escolas.

Neste caminho, o primeiro passo é o da escuta ativa e recíproca, que nos ajuda a resolver problemas e que nos aproxima do outro. À escuta ativa, devemos acrescentar o diálogo sadio e compreensivo, que vai permitir escolher, não o meu caminho ou o teu caminho, o NOSSO caminho. Dialogar é fazer acontecer a conversão e a nossa linguagem deve ser hospitaleira, implicativa, franciscana e, sobretudo, transmitir amor e carinho.

 Amarmos aquilo que fazemos é a chave do sucesso de toda a ação, que deve acontecer na base da união, da valorização do outro, com o outro e numa missão conjunta. A amplificação desta ação estará diretamente relacionada com o amor com que fazemos as coisas e, de acordo com o Senhor Padre Paulo Silva, em tudo devemos colocar “uma pitada de Amor”.

 

Por admin.colegiosteresinha Em 01/05/2022 18:51

Mais uma vez, a disciplina de Cidadania e Desenvolvimento cumpriu a sua missão! Formar cidadãos conscientes, informar, sensibilizar, mostrar, apelar a comportamentos saudáveis e sustentáveis são algumas das várias ações inerentes ao trabalho que se desenvolve nesta área curricular.

Interligando os domínios de trabalho do “Desenvolvimento Sustentável”, da “Educação Ambiental” e dos “Média”, os alunos do 8.º ano realizaram um spot publicitário, promovendo valores ambientais e de sustentabilidade.

Os alunos do 9.º ano de escolaridade trabalharam o domínio “Riscos”. Com este domínio de trabalho, pretende-se que os alunos aprendam a prevenir acidentes, mas, também, a saber agir quando eles acontecem. Foram vários os planos de prevenção e de emergência que surgiram dos diversos grupos de trabalho. Contemplaram-se os incêndios (em casa, na escola e na floresta), as inundações, os sismos e os acidentes rodoviários.

 Este projeto da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento culminou com a apresentação à comunidade escolar dos trabalhos, numa exposição que decorreu já no início deste 3.º período

Por admin.colegiosteresinha Em 24/04/2022 22:17

E foi com o poema “A paz sem vencedor e sem vencidos”, de Sophia de Mello Breyner Andresen, que se comemorou a Páscoa junto dos alunos de terceiro ciclo, na sexta-feira de 1 de abril.

Primeiro, houve a celebração da Eucaristia, com a colaboração dos alunos nos cânticos e leituras. Muito se pediu pelas vítimas da ofensiva russa na Ucrânia. Hinos afinados foram, assim, entoados pela paz, pelas crianças e todos os jovens. Pelo mundo inteiro!

Depois, os alunos da turma A do oitavo ano dramatizaram a peça de teatro “Uma pequena oração para alcançar a ressurreição”, que criaram sob a orientação da professora de Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC). Promoveram, com palavras e gestos, o valor da oração. Demonstraram que ter fé e acreditar em Cristo era muito importante. Preparar a vida eterna na terra com caridade. Respeitar o próximo. Acolher e cuidar. Estes foram alguns dos múltiplos ensinamentos que a peça partilhou.

Na composição desta festa, determinante foi o engenho de vários alunos. É de destacar, entre tantos outros, a arte da Júlia Ôchoa , da Madalena Figueira e da Maria Roberts, no canto, o talento do Diogo Silva, no violino, e a graciosidade da Ana Maria, no piano.

Por fim, os alunos finalistas fizeram a caça ao ovo no pavilhão, entre sorrisos, gargalhadas e troca de afetos. Os restantes saborearam o chocolate da quadra nas suas salas, num ambiente de plena amizade.

A paz procuramos! Sem vencedores e vencidos…

Por admin.colegiosteresinha Em 08/04/2022 15:26

A mais antiga e importante festa cristã mereceu uma atenção especial por parte dos nossos alunos. Preparemos o nosso coração para receber Jesus! Celebremos esta festa! Acolhamos a Páscoa!

A nossa galeria está repleta de ovações a Jesus, quadras feitas pelos alunos do 9.º ano, na disciplina de Educação Moral, Religiosa e Católica, homenageando a Sua grandeza e o Seu sacrifício.

“Que esta Páscoa seja cheia de alegria,

Que todos abram o coração,

E que se lembrem no dia a dia

Que Jesus Cristo morreu pela nossa Salvação.”

 “Páscoa, amor e ressurreição

Um grito de liberdade e luz!

Apaga-se o ódio no coração

Que nele reina o amor de jesus!”

 Estes e outros versos, decorados com elementos a preceito, decoram alguns dos placares do terceiro andar do edifício principal.

 Não faltaram, também, os placares alusivos ao tema que animam os corredores do nosso Colégio, junto às salas do 1.º ciclo, lembrando a vida, a morte e a ressurreição de JESUS CRISTO, o nosso SALVADOR.

Por admin.colegiosteresinha Em 08/04/2022 15:00

Uma vez mais acedemos a uma iniciativa da Direção de Serviços de Educação Artística.

Desta feita, os alunos de várias escolas, incluindo, a nossa, homenagearam o povo ucraniano, sob o mote “Paz no Mundo 2022”.

Assim, os docentes das áreas artísticas prepararam, com os seus alunos, o tema “Construir a Paz”, da autoria de letra e música de Ricardo Agrela. O desafio era interpretar a canção no recreio, na rua ou noutro local escolhido pelas direções das escolas. Os nossos alunos escolheram interpretar esta canção no ginásio do Colégio, no final da celebração eucarística da Páscoa.

Numa corrente imaginária de solidariedade, todas as escolas participantes fizeram a interpretação da música no dia 01 de abril, às 11 horas.

Que o canto das nossas crianças ecoe bem alto e que cale as armas que destroem países, cidades e VIDAS!

Por admin.colegiosteresinha Em 07/04/2022 08:08

Durante o mês de março, os placares do terceiro andar do edifício principal ganharam cor e magia com os trabalhos surpreendentemente criativos dos alunos de sétimo. Estes foram desenvolvidos na disciplina de educação visual, a partir do desenho de observação, sob as formas de módulos, padrões e espirais.

É de destacar os objetivos da atividade: estimular a observação atenta e a perceção das formas abstratas; descobrir ou potencializar a própria linguagem da representação visual por meio de módulos, padrões e espirais; representar, de forma precisa, figuras planas; desenvolver habilidades relacionadas à análise, comparação, observação e constatação de figuras geométricas.

Nesse sentido, foram desafiados a criar módulos e padrões que atraíssem e hipnotizassem qualquer espetador, recorrendo a outro elemento da linguagem visual – a cor.

Associando também a cor, os alunos criaram, ainda, realidades cujo ponto de partida seria a espiral bicêntrica, provocando a sensação de movimento, através de uma linha harmoniosa.

 Eis um trabalho de excelência de promissores artistas. As imagens falam por si… 

Por admin.colegiosteresinha Em 06/04/2022 22:08

O estudo da grandiosa epopeia de todos os portugueses, Os Lusíadas, de Luís de Camões, permitiu que se operacionalizasse dois projetos – “A perspetiva no assassinato de D. Inês de Castro” e “O Temível Gigante Adamastor”, nas disciplinas de português e educação visual.

Foram muitos os objetivos traçados e concretizados com sucesso junto dos alunos finalistas. Visou-se, assim, estimular o gosto pela leitura do poema épico Os Lusíadas, de Luís de Camões, e pelo desenho gráfico; partilhar aprendizagens no domínio da educação literária e da educação visual; desenvolver a transversalidade curricular, promovendo o trabalho colaborativo e um conjunto articulado de saberes, da literatura portuguesa às artes.

Nesta atividade, acima do texto literário e do desenho gráfico, os alunos desenvolveram os valores da responsabilidade, do respeito e da partilha. E, assim, também, se homenageou o engenho e a arte do grande príncipe, o príncipe dos poetas, LUÍS VAZ DE CAMÕES!

 

Por admin.colegiosteresinha Em 06/04/2022 20:53

A Delegação Regional da Madeira da Associação Nacional de Professores de Educação Visual e Tecnológica promoveu o Concurso de projetos de identidade visual, sob a temática cultural “Centenário do falecimento do Beato Carlos de Áustria”, no segundo período, direcionado aos alunos do terceiro ciclo e secundário.

Os alunos foram estimulados a criar um logótipo, como um produto de comunicação, que, tal como toda a assinatura, deveria desempenhar a função de Identidade da celebração da efeméride. O trabalho deveria ser apresentado em suporte digital e/ ou suporte papel, num formato A4.

Entre outros objetivos, este concurso visou proporcionar aos alunos uma oportunidade para fazerem um percurso formativo; demonstrar que a Área das Artes se assume como fundamental para o desenvolvimento global e integrado dos alunos; estimular para a importância de processos criativos; desenvolver atitudes de participação social.

Orientados pelo professor de Educação Visual, Richard Fernandez, seis alunos do Colégio de Santa Teresinha compuseram um trabalho sobre a temática sugerida, recorrendo a técnicas variadas. E a criatividade do trabalho da aluna finalista Carlota Matos, turma B do nono ano, foi premiada com um distinto terceiro lugar.

 Temos artistas! Parabéns, CST! Parabéns, Carlota! 

Por admin.colegiosteresinha Em 31/03/2022 11:44

Aquando da leitura de obras literárias, na disciplina de português, admirou-se a descrição física da ação, onde, muitas vezes, o luxo de um palácio, a elegância e o “antigo” se evidenciaram. Também, na disciplina de história, no estudo de diversos factos históricos verificados na Ilha da Madeira se fez menção à riqueza artística e à importância do Palácio de São Lourenço.

Nesse sentido, entre 22 e 24 de março, os alunos de nono ano participaram numa visita de estudo ao Palácio de São Lourenço. Entre outros objetivos, com esta iniciativa, pretendeu-se promover o contacto dos alunos com o património cultural e artístico; desenvolver capacidades de observação e de organização dos conhecimentos adquiridos em aula; motivar para a participação no concurso “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas”, iniciativa do Gabinete do Representante da República para a Madeira.

Foram muitos os espaços contemplados com louvor, sob as palavras sábias da professora de história, Sofia Trindade. Da Sala de Entrada ao “Baluarte do Castanheiro”, os alunos conheceram o rico Salão de Baile, o Torreão Sul, a requintada Sala Vermelha, a Sala Verde, a Sala do Baluarte, o Jardim e a “Gruta”. Entre tantos ensinamentos, registou-se que, tendo sido residência dos capitães donatárias e governadores da Madeira, o Palácio de São Lourenço era, desde 1976, a residência oficial do Representante da República para a Região Autónoma da Madeira.

E foi nesta bela edificação, classificada como Monumento Nacional, em 1943, que se operacionalizou uma visita guiada junto dos alunos finalistas, onde a lição e o convívio contribuíram para a sua formação.

Por admin.colegiosteresinha Em 30/03/2022 20:35

Na disciplina de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), os alunos da turma B do sétimo ano, procederam, individualmente, mediante a orientação do professor, à criação de um banner sobre a Páscoa, com recurso ao software de edição de imagem GIMP, para publicação no site da escola durante a efeméride religiosa.

Tendo em conta as Aprendizagens Essenciais da disciplina e recorrendo ao software de edição de imagem GIMP, os discentes puderam desenvolver competências ao explorar e aplicar alguns conceitos adquiridos durante as aulas de TIC.

Assim sendo, durante a celebração da Páscoa, será possível visualizar os três banners mais criativos da turma, na parte superior deste site. Todavia, os restantes trabalhos poderão aqui ser consultados (abaixo a esta notícia). Uma iniciativa onde o esforço da turma foi notório.

E, desta forma, também se assinalou a Páscoa como uma festividade religiosa a celebrar em família, sob os valores da fé e da fraternidade.

 

Trabalhos realizados pelos alunos:

Por admin.colegiosteresinha Em 20/03/2022 15:17

Quaresma é a designação do período de quarenta dias que antecedem a principal celebração do cristianismo: a Páscoa, a ressurreição de Jesus Cristo, prática presente na vida dos cristãos desde o século IV.

Este é um caminho que cada cristão não faz sozinho, mas na companhia de Jesus, respondendo aos desafios constantes da vida e levando a um crescimento interior, sempre alinhado com a força de Deus.

Desta forma, o grupo de professoras da disciplina de Educação Moral, Religiosa e Católica trabalhou esta época com os alunos dos 2.º e 3.º ciclos, resultando esse trabalho numa exposição onde se podem observar vários textos que elucidam sobre as diferentes fases da Quaresma, bem como sobre o trajeto de Jesus Cristo até à cruz.

 Saibamos, neste tempo, manter a paz connosco e com os outros. 

Por admin.colegiosteresinha Em 20/03/2022 15:13

Há sempre espaço para relembrar que a covid-19 ainda compromete o bem-estar de cada um e que existem comportamentos responsáveis que continuam a ser necessários.

Mais uma vez, este foi um tema abordado e trabalhado na disciplina de ciências naturais, no âmbito do estudo dos sistemas do corpo humano.

Os alunos do 6.º ano de escolaridade realizaram um conjunto de trabalhos que pretendem caracterizar esta doença tão atual, perceber como ela pode ser contraída, identificar comportamentos que inibem o contacto com o vírus, compreender como o corpo pode reagir à doença e que tipo de terapêutica poderá ser feita em caso de positividade.

Numa ótica de partilha com a comunidade educativa, os trabalhos dos alunos encontram-se expostos no rés-do-chão do edifício principal, onde é claramente manifesta a dedicação e o empenho dos alunos na atividade.

Não esqueçamos que o vírus ainda é uma realidade!

Por admin.colegiosteresinha Em 07/03/2022 21:30


Com o propósito de proporcionar vivências diversificadas, sob os valores da alegria e do respeito, entre 21 de fevereiro e 4 de março, celebrou-se o Carnaval no Colégio de Santa Teresinha.

Assim sendo, várias foram as ações operacionalizadas, no sentido de permitir a expressão de aptidões e saberes, entre o pré-escolar e o terceiro ciclo. Junto dos mais “pequeninos”, houve tempo para o teatro, o penteado original, o pijama, o disfarce da escola e o disfarce de casa. No primeiro ciclo, a festa começou com o penteado criativo, depois, o dia do pijama, o dia da profissão e, por último, o dia do disfarce. No segundo ciclo, a celebração também se fez com grande entusiasmo, com o dia do acessório, o dia do penteado, o dia da T-shirt personalizada e o dia do disfarce a gosto de cada um. Assinalou-se a festa, no terceiro ciclo, com o dia do acessório original.

Para além desta criatividade, é de registar os trabalhos realizados com diferentes recursos materiais, que foram dando cor aos placares junto de cada sala do pré-escolar e do primeiro ciclo.

A fechar esta festa, a 4 de março, houve tempo para um lanche partilhado com as tradicionais malassadas e o saboroso mel da região. E com ALEGRIA! 

 

Por admin.colegiosteresinha Em 07/03/2022 21:12

As disciplinas de Português e de Cidadania e Desenvolvimento operacionalizaram um projeto cooperativo, a partir do estudo da obra de Jean Giono, O Homem que Plantava Árvores.

O livro, de leitura orientada na disciplina de Português, conta a história de um homem humilde que, pacientemente e de forma solitária, se esforçou por mudar o mundo onde vivia. Foi responsável por plantar uma floresta numa das regiões mais inóspitas e áridas de França, contornando obstáculos e fazendo enaltecer uma generosidade sem limites. Com as suas próprias mãos, construiu um ecossistema rico e sustentável, provando que cada um de nós poderá fazer nascer o melhor da Natureza e, assim, benfeitorizar o planeta que habitamos.

Este tema, abordado na disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, sob os domínios de trabalho do Desenvolvimento Sustentável e da Educação Ambiental, permitiu a realização de um trabalho interdisciplinar.

Primeiro, os alunos procederam à leitura do livro; depois, fizeram o reconto da história em verso rimado; por fim, construíram um carvalho com material reciclado e reutilizado. Todo este trabalho colaborativo foi apresentado à comunidade, a partir de uma exposição repleta de cor e imaginação.

Desta forma, foi possível trabalhar várias competências nos alunos, a expressão escrita, a produção criativa e os valores que remetem para a consciencialização do papel de cada um, e de todos, no respeito pela Natureza e promoção de um planeta sustentável, garantindo um mundo vivo e pleno para as gerações vindouras. 

Por admin.colegiosteresinha Em 06/03/2022 12:03

15.º Edição - Fase Escolar

Com o propósito de estimular o gosto e o prazer da leitura, o Colégio de Santa Teresinha efetuou a inscrição dos alunos dos 1.º, 2.º e 3.º Ciclos na 15.ª Edição do Concurso Nacional de Leitura (CNL). Esta celebração da leitura e da escrita decorre entre o dia 8 de outubro de 2021, data oficial de abertura, e o dia 4 de junho de 2022, dia da grande Final.

Esta iniciativa do Plano Nacional de Leitura (PNL2027) prevê três fases consecutivas: a Fase Escolar/Municipal, a Fase Intermunicipal e a Fase Nacional. Nesse sentido, cumpriu-se já a Fase Escolar no colégio. Muitos foram, assim, os alunos entusiasmados e talentosos que se apresentaram à chamada no terceiro andar do edifício principal.

A Fase Escolar realizou-se sob o olhar atento e deliciado de um júri composto por três elementos, que teve a difícil tarefa de apreciar, avaliar e escolher. Dos cinquenta participantes em prova, ficaram apurados seis, dois por cada nível de ensino. Leram de forma dramatizada e argumentaram obras de autores de renome, a saber: Luísa Ducla Soares, Mia Couto, Manuel António Pina, António Mota, António Gedeão e Gianni Rodari.

Importa, por fim, agradecer a todos os intervenientes nesta festa, alunos, pais, encarregados de educação, professores, assistentes operacionais e direção técnico-pedagógica. Cooperativamente, a formar leitores competentes!

Por admin.colegiosteresinha Em 06/03/2022 11:45

Pela primeira vez, o Colégio de Santa Teresinha participa no concurso CriaPOESIA-Encontro Juvenil do Atlântico, iniciativa da Associação de Solidariedade Social para o Desenvolvimento e Apoio a Crianças e Jovens, dirigida a alunos residentes nos arquipélagos da Madeira, dos Açores, de Cabo Verde ou das Canárias.

Esta participação decorre do trabalho colaborativo operacionalizado nas disciplinas de Português e de Educação Moral de Religiosa Católica (EMRC), a nível de terceiro ciclo. Neste sentido, esta interdisciplinaridade permitiu a partilha de treze trabalhos da categoria poesia visual e oito obras de poesia, advindos dos projetos “ECOfilia” e “Desenhar o AMOR”.

Entre outros objetivos, este evento conta com objetivos determinantes na formação de jovens que se ambiciona criativos, comunicativos e interventivos. Assim sendo, CriaPOESIA visa promover o gosto pela poesia visual e pela leitura de poesia; relacionar a expressão escrita com a expressão visual; desenvolver a criatividade a partir das ideias de um texto; fomentar a criação poética; criar um espaço comum de expressão criativa e poética, entre os arquipélagos da Madeira, dos Açores, de Cabo Verde e das Canárias.

A criar POESIA e a desenvolver VALORES, pelo SONHO, seguem talentosos!

Por admin.colegiosteresinha Em 10/02/2022 19:21

 

Num contexto de grande apreensão, sempre se cumpriu cada propósito, com criatividade, previsto para o início de 2022. Assim sendo, em primeiro lugar, é de registar a homenagem feita à “Boa Mãe” durante o mês de janeiro até ao momento, não tivesse sido a Venerável Irmã Mary Jane Wilson uma mãe carinhosa para cada ilhéu desta terra. Da dedicação à catequese, aos doentes e à educação, instituiu várias obras de caridade e de cuidado ao próximo, sob os valores da religião católica, como a fundação da Congregação das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, a 15 de janeiro de 1884, que fez nascer o Colégio de Santa Teresinha, inaugurado a 1967 nas instalações atuais.

Para assinalar o coração bondoso da Irmã fundadora, em cada ciclo de ensino, os alunos recordaram a sua história e conheceram a projeção da sua missão no mundo. Foram criados trabalhos em cartolina e imagens coloridas para embelezar placares e salas de aula. Momentos de reflexão e de oração preencheram esta celebração com preces à Irmã Wilson para que continue a olhar pela Ilha que a acolheu em 1881.

«Devemos ser firmes no Amor Divino como um ilhéu no meio do oceano: batem de todos os lados tempestades e fica sempre sendo ilhéu.»

Entre tantos ensinamentos, estas e outras palavras da Irmã mostram que, nesta e em qualquer “tempestade”, a perseverança é o caminho para um bem essencial: ALEGRIA.

Por admin.colegiosteresinha Em 12/01/2022 21:05

Por uma vida saudável e feliz aqui se trabalha na disciplina de Cidadania e Desenvolvimento. Assim, foi altura de partilhar com a comunidade escolar os trabalhos desenvolvidos, ao longo do 1.º período, pelos alunos do 3.º ciclo. Inaugurou-se, desta forma, o espaço das exposições.

No âmbito do domínio de trabalho “Saúde”, os alunos do 8.º ano exploraram o tema dos vícios e da forma como podem ser prejudiciais à vida humana. Neste sentido, elaboraram cartazes informativos, com o apelo ao combate do flagelo que é uma vida pautada por um comportamento que não se consegue controlar. Incidiram, especialmente, no vício do álcool, tentando desmistificar alguns mitos associados ao consumo desta substância.

No caso dos alunos do 9.º ano, e tendo por mote “Quem te ama não te agride”, foi trabalhado o tema da violência no namoro. Estamos em crer que este tema é muito atual e a sua abordagem é de suma importância junto dos jovens, com vista a atuarmos com base numa política de prevenção. Este trabalho culminou com a realização de cartazes onde se podem ler slogans que sensibilizam para a violência no namoro e alertam para comportamentos que, justificados como sendo de amor, nada mais são do que violentos e agressivos.

Cumprindo a sua função, a Cidadania e Desenvolvimento provou ser, mais uma vez, parte fundamental do currículo para garantir uma formação integral dos alunos. 

Por admin.colegiosteresinha Em 22/12/2021 20:06

O Natal está a chegar e sente-se a emoção em cada cântico entoado, cada cena partilhada, em cada olhar… Não importa a idade, os conhecimentos, a experiência, todos trouxeram, com a sua peça de Natal, os valores da quadra: a caridade, a fraternidade e a espiritualidade.

Para completar as lindas decorações e avivar o autêntico espírito da quadra, o espetáculo aconteceu no palco do ginásio, entre 13 e 17 de dezembro. Foram momentos de muito talento nos vários encontros, desde o pré-escolar ao terceiro ciclo. Todos encenaram a bela história do Nascimento de Cristo, na qual se guardou o significado real do Natal: AMOR.

Para além desta tradição do Auto de Natal, palco houve para acolher o encantador musical “À procura de um pinheiro”, protagonizado pelos alunos do 6.º B. Tanto argumentaram que os enfeites de Natal, com a ajuda da estrela, encontraram colo num pinheirinho. A fechar o espetáculo, os alunos de quinto ano dramatizaram “Uma aventura de Natal”, onde a sensibilização para a reutilização e a promoção da tradição em que as prendinhas de Natal chegam com amor e carinho, longe das novas tecnologias, ecoaram no coração de cada um.

 

Votos de um Natal tranquilo. Grande. Verdadeiro em AMOR. Real em SAÚDE!

Por admin.colegiosteresinha Em 22/12/2021 17:56

Há 150 anos, surgiu nos EUA a tradição de escrever a carta ao Pai Natal. Atualmente, são muitas as crianças que enviam os seus desejos ao velhinho de barba branca, com destino ao Pólo Norte ou Lapónia.

Inspirados pela passagem do Pai Natal, pelas suas prendas de grande valor, em exposição no terceiro andar do edifício principal, os alunos do oitavo ano, no penúltimo dia de aulas, escreveram-lhe uma carta bem ilustrada, recheada de sonhos. Que a pandemia fique no passado, festejar em família o Natal, construir bonecos de neve, viver com amor e muita saúde, visitar familiares distantes, entre tantos outros desejos imateriais, dignos de registo.

Mais do que estimular e desenvolver o gosto pela escrita, foi mais um momento na disciplina de português para estreitar laços e partilhar experiências.

Por admin.colegiosteresinha Em 22/12/2021 12:06

Era 14 de dezembro, e o projeto “A magia de uma história de Natal” concretizou-se em cada sala do primeiro ano. Trajadas à rigor, como duendes de Natal, na companhia das suas professoras de português, duas alunas, a Maria Inês Ribeiro do sexto ano e Ana Carolina Oliveira do oitavo ano, recontaram, criativamente, a história de Mila, uma menina feliz que vivia com os seus pais. Porém, era Natal e sentia-se aborrecida. Gostava muito de ter um irmão. Na rua, com a ajuda do esquilo, do pardal e do veado, construiu um boneco de neve. Neste espírito de entreajuda, a verdade é que, passado um ano, o seu desejo de Natal tornou-se realidade e um irmão teve no sapatinho.

Depois do reconto e de partilharem também o seu desejo de Natal, todos os meninos e meninas receberam um símbolo de Natal em chocolate. Entre outros, muitos partilharam o desejo de viver sem pandemia e de passar a festa em família.

Já lá vão cinco anos que, ora a estimular hábitos de leitura e o gosto pelo livro ora a celebrar a época festiva, esta iniciativa segue a recontar um texto literário aos mais pequeninos. E a promover a lição de que, no Natal, todos os desejos se realizam. 

 

Por admin.colegiosteresinha Em 22/12/2021 12:00

A magia do Natal invadiu os nossos corações e os corredores do nosso Colégio.

A cada esquina, a cada vão de escadas, a cada porta, deslumbramos uma imagem, um presépio, uma lapinha, um pinheiro lindamente decorado. A cada espaço uma lembrança da época, a cada sítio um apontamento de festa. São placares que expressam mensagens, que ilustram desejos, que transmitem emoções e que nos fazem entender o quão importante é esta época do nascimento de Jesus.

A decoração de Natal foi pensada ao pormenor, por cada aluno, por cada professor e educador, envolvendo todos os ciclos na magia que é a quadra natalícia. São estrelas, são sinos, são caixas de presépios, são a alegria do entusiasmo que tomou conta de nós.

E o desejo realizou-se! Cumprindo-se a tradição desta época, os alunos do primeiro ciclo desceram ao centro da cidade e tiveram oportunidade de assistir ao espetáculo do circo. A alegria das acrobacias, a boa disposição dos palhaços e o calor do momento completaram a magia do Natal.

Desta forma se celebrou o nascimento do Menino, com a certeza de que a estrela brilha e o Natal acontece. Um feliz e Santo Natal para todos!

Por admin.colegiosteresinha Em 22/12/2021 11:30

 

O espírito de Natal invadiu o nosso colégio. Seja no contexto curricular, seja no contexto extracurricular, as atenções estão viradas para esta época de amor e fraternidade.

Nesse sentido, na atividade extracurricular da robótica, foram operacionalizados alguns projetos alusivos ao Natal, com a participação de alunos de todos os ciclos.

Existem inúmeros benefícios associados à robótica na formação integral dos alunos. Neste contexto, esta atividade permite fomentar o interesse pela ciência e pela tecnologia, nas áreas de computação, eletrónica e mecânica. Promove o estudo e a aplicabilidade de conceitos multidisciplinares, conjugando a física, a matemática, a informática, a mecânica, as línguas estrangeiras, entre outras áreas do saber. Estimula a criatividade e a inteligência dos alunos, tornando-os agentes ativos de seu próprio conhecimento. Por último, incentiva ao trabalho de grupo, à exploração e à pesquisa, bem como à construção e à automação.

Há muito que o colégio oferece esta atividade aos seus alunos e a procura supera sempre as expetativas. São vários os trabalhos desenvolvidos nesta área e, neste caso específico, fez-se nascer ovelhinhas para embelezar o nosso presépio de Natal.

Por admin.colegiosteresinha Em 19/12/2021 22:47

O Projeto “Vamos Orientar o Natal” surge no âmbito da disciplina de Geografia. Queremos que os Reis Magos encontrem o Menino, que os pastores o possam contemplar e que o Amor nascido com Jesus possa encontrar o caminho para o interior de todos nós.

Assim se criaram Rosas dos Ventos com motivos de Natal. Seja mais a Norte ou a Sul, a Este ou a Oeste, o importante é que sejamos capazes de, nesta quadra, viver o espírito da união, da fraternidade e da disponibilidade de encontrar o outro, acolhendo-o no nosso aconchego.

Por admin.colegiosteresinha Em 14/12/2021 13:56

 

 

Há 73 anos, com a colaboração de várias pessoas, o mundo, ainda abalado pela guerra, viu, com imensa esperança, ser adotada a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a 10 de dezembro de 1948, pela Organização das Nações Unidas.

Traduzido em várias línguas, este documento visa, entre outros objetivos, construir um mundo melhor, sem guerras, alicerçado em valores básicos como a igualdade, a democracia e a justiça social.

Passados 50 anos, a Assembleia da República Portuguesa, reconhecendo a importância desta Declaração, instituiu que, a dia 10 de dezembro, se celebraria o Dia Nacional dos Direitos Humanos.

Tendo como referência a Declaração Universal dos Direitos Humanos, os alunos dos 6.º e 7.º anos, na disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, participaram num projeto de promoção dos direitos humanos, cujos resultados estão em exposição no terceiro andar do edifício principal.

Ora orientados na sala de aula ou à distância, a partir da plataforma Teams, sob a preciosa orientação das suas professoras, criaram trabalhos apelativos, com recurso a técnicas de desenho e de escrita variadas.

Assim se cumpriu o contributo da Cidadania e Desenvolvimento no incremento de atitudes e comportamentos, de diálogo e respeito pelos outros, na senda dos direitos humanos, à luz de uma sociedade mais justa e inclusiva.

Por admin.colegiosteresinha Em 12/12/2021 19:05

Advento vem do latim Adventus que significa chegada. Antecede o Natal e é o primeiro tempo do Ano Litúrgico. É tempo de promover bons sentimentos e preparar o coração para a chegada de Jesus. Também é altura de introspeção, reflexão e arrependimento, mas é, sobretudo, altura para espalhar a paz, a fraternidade, o amor e a compaixão. São quatro semanas que antecedem o Natal e que o preparam minuciosamente.

Esta preparação para a festa do Natal remonta, pensa-se, ao século IV e a primeira referência ao “Tempo do Advento” foi encontrada na Península Ibérica.

No nosso colégio, este tempo foi lembrado na disciplina de Educação Moral Religiosa e Católica e fez-se uma bonita exposição que pretende anunciar a proximidade do grande dia, a chegada do Menino, a chegada do Messias, a chegada do nosso Jesus. 

Por admin.colegiosteresinha Em 05/12/2021 10:24

Guiados pelo verdadeiro espírito do Natal, os alunos do quarto ano do Colégio de Santa Teresinha, participaram na 2.ª edição do projeto “Advento Musical” com a interpretação da canção “Uma prenda para todos”, de Fernando Paulo Gomes, Luís Matos e Marco Bento, sob a orientação da professora Marília Sousa, na disciplina de educação artística.

Trata-se de uma iniciativa da Secretaria Regional da Educação (SRE), através da Direção de Serviços de Educação Artística (DSEA) da Direção Regional de Educação (DRE), entre os dias 1 e 25 de dezembro, que conta com a interpretação de um tema de Natal por parte de 26 escolas da região, com o intuito de partilhar os valores próprios da quadra, a alegria, a fraternidade e a paz, à semelhança do Advento cristão.

Depois da escolha do tema natalício e da respetiva aprendizagem, a gravação áudio e vídeo, em diferentes momentos e espaços do colégio, mostra um ambiente caloroso composto de vozes ternurentas, gestos delicados e sorrisos tão afetuosos, sob um olhar de rica felicidade. Com prendas e adereços diversos.

Com arte, cá se contou a história de um boneco de neve com um coração de ouro. Na verdade, um boneco especial, com vontade de ser grande, pois não só ajudou o Pai Natal na confeção das prendas como também as distribuiu no seu trenó de gelo.

Assim, a cantar, a dançar e a dramatizar, eis a tradição de um belo tema de NATAL!

Por admin.colegiosteresinha Em 05/12/2021 10:17

Pelos hábitos de leitura, segue o projeto “Ler a Crescer” para, entre outros objetivos, estimular, também, a escrita e a compreensão leitora.

Neste mês de novembro, muitas foram as emoções partilhadas e testemunhadas pelos alunos de 9.º ano na leitura da história comovente de Zezé, o protagonista na obra de José Mauro de Vasconcelos – O meu pé de laranja lima.

Com esta obra, os alunos conheceram este menino de seis anos nascido no seio de uma família muito pobre. Inteligente, sensível e criativo, era muito endiabrado. Porém, um menino invulgarmente bondoso, com um coração autêntico, de ouro! Toma por confidente um pé de laranja lima, ao qual revela os seus sonhos e preocupações.

Movidos pelos valores da solidariedade e da empatia, os alunos finalistas do terceiro ciclo leram a obra, escolheram o capítulo preferido e elaboraram uma ilustração acerca do mesmo. Realizado este trabalho, em pequenos grupos, apresentaram a sua arte, em reconto oral.

Nesta narrativa marcada pela solidão e pela carência, ficaram os alunos a ganhar tanto na arte de se dar e olhar ao próximo, com mais doçura. E a valorizar o que têm, o colo e cada palavra de afeto compartilhada.

Por admin.colegiosteresinha Em 01/12/2021 18:31

Santa Cecília é uma santa cristã, padroeira dos músicos e da música sacra, pois consta que, ao morrer, ela terá cantado a Deus. É uma das santas mais veneradas na Idade Média e destaca-se por ser a santa da igreja católica com mais basílicas em Roma.

Todos os anos, os nossos alunos do 2.º ciclo, orientados pela disciplina de Educação Musical, fazem uma linda homenagem a Santa Cecília e, este ano, não foi exceção.

Relembrando a sua história de vida e a sua ligação à música, surgiram trabalhos criativos que embelezaram o espaço do Colégio dedicado às exposições.

Desta forma, também foi possível comemorar o Dia da Música, que se celebra a 22 de novembro. O ser humano procurou diversas formas de se expressar e de comunicar emoções e sentimentos, uma dessas formas foi através da música. Cedo se tornou um elemento social e, na atualidade, continua a ser fundamental como entretenimento, mas, sobretudo, como componente do desenvolvimento pessoal e social.

Que Santa Cecília proteja sempre a música que toca no nosso coração! 

Por admin.colegiosteresinha Em 01/12/2021 18:26

Tendo em conta o contexto atual da pandemia, em que o cumprimento das regras básicas de prevenção e contenção da COVID-19 é determinante, o colégio promoveu, junto de cada nível de ensino, o concurso “A pandemia ainda não acabou”, iniciativa do Governo Regional, através do Instituto de Administração da Saúde, IP-RAM.

Orientados na disciplina de português, muitos foram os trabalhos dignos de publicação, a nível do oitavo de escolaridade. Criou-se, com ilustração, um “slogan” apelativo, vincando, especialmente, a importância da vacinação, do uso de máscara, da higienização das mãos e da realização de testes rápidos com regularidade. Partindo do poema de Sebastião da Gama - “Pelo sonho é que vamos”, houve alunos que compuseram um belo texto poético sobre a importância dos valores no combate contra a COVID-19. Ser responsável e perseverança é imperativo.

Mais do que a vontade em submeter um trabalho por um prémio, registou-se a importância de mobilizar uma campanha interna para adoção de comportamentos assertivos por uma escola saudável. Assim, num local de passagem obrigatória, fez-se uma exposição de trabalhos sob um cenário colorido, de modo a prender a atenção de todos por uma causa comum.

Por aulas em segurança, vamos com confiança contra a COVID-19!

Por admin.colegiosteresinha Em 24/11/2021 17:48

Qual é a nossa origem? Como construímos civilizações? Que fenómenos importantes protagonizámos? Como mudámos o mundo?

Estas e muitas outras questões foram respondidas pelos alunos do 3.º ciclo através de trabalhos de pesquisa variados, inseridos na disciplina de História.

Investigar, descobrir e aprender, etapas essenciais neste projeto que levaram os alunos a trabalhar o processo de hominização, bem como a forma de vida das sociedades do Paleolítico e do Neolítico, de uma forma enriquecedora. Depois, deu-se um grande salto para o século XV e navegou-se nas caravelas dos Descobrimentos. Por último, olhámos o início do século XX e denunciámos os horrores da 1.ª Guerra Mundial.

Daqui resultou uma grandiosa exposição de trabalhos, repassados de criatividade e empenho,  pois o conhecimento é tanto mais nobre quanto mais é partilhado. 

Por admin.colegiosteresinha Em 24/11/2021 17:43

11 de novembro é dia de S. Martinho!

S. Martinho chama-se, na verdade, Martinho de Tours e nasceu na antiga província da Panónia, atualmente Hungria, por volta do ano 316. Faleceu a 8 de novembro de 397, aos 81 anos.

Martinho foi soldado romano até aos 22 anos, altura em que foi batizado e se converteu à fé cristã. Deixou a vida como soldado e tornou-se monge, tendo fundado o primeiro mosteiro de França. Aos 55 anos, Martinho tornou-se bispo e exerceu este cargo até falecer.

A 11 de novembro, três dias após falecer, foi sepultado e este dia passou a ser dedicado à sua memória.

A lenda de que Martinho cortou, com a sua espada, a sua capa ao meio para a partilhar com um mendigo com frio é uma das muitas histórias de caridade que protagonizou.

Martinho, além de ser um homem culto, distinguiu-se por ter uma ação alicerçada na caridade e ensino, tendo fundado várias igrejas, mosteiros e escolas.

Em Portugal, o dia de S. Martinho é associado à celebração da maturação do vinho do ano, sendo neste dia que se bebe o primeiro copo do vinho novo e se comem as castanhas.

 

Assim, as crianças do pré-escolar celebraram este dia com uma bela homenagem ao nosso tão caridoso S. Martinho. Saltou-se à fogueira, fez-se merenda de castanhas assadas e ainda houve tempo para um passeio ao Mercado dos Lavradores para ver as cores características da época e saborear os aromas das frutas fresquinhas.  

Por admin.colegiosteresinha Em 24/11/2021 17:35

A nossa Biblioteca tem uma grande responsabilidade, despertar o gosto pela leitura, a curiosidade por saber mais e o desejo de viajar por entre linhas e palavras, imagens e figuras que nos aquecem a alma e o coração.

O livro, que grande amigo, que grande companheiro, que grande professor… Nunca estaremos presos em nós se atravessarmos a loucura de um grande livro de aventura, se sentirmos o beijo de um livro de romance, se absorvermos o conhecimento de uma enciclopédia ou se nos deixarmos embalar pela melodia de uma poesia.

Na janela da nossa Biblioteca, são colocados livros, sugestões de leitura para os nossos alunos. Tratam-se temas específicos, como foi o caso do S. Martinho, mas o mais interessante é a vontade de levar os alunos a sentirem o quanto se pode ser livre com um livro. 

Por admin.colegiosteresinha Em 20/11/2021 12:35

Um retrato em verso, ponto e linha composto pelo próprio aluno foi o desafio cumprido pelos alunos do oitavo ano em educação visual, em cooperação com a disciplina de português.

A partir da leitura de versos de Bocage e de Alexandre O´Neill, os alunos redigiram e reescreveram duas quadras sobre si mesmos; depois, feita a seleção de uma fotografia pessoal, fez-se a impressão a preto em branco para a aplicação da técnica do ponto e da linha.

Neste contexto, foi possível aprender a escutar, ler, compreender, interpretar e produzir poemas, na senda da confeção de um desenho ilustrativo de um autorretrato em ponto e linha. Neste trabalho interdisciplinar, das linguagens e textos à sensibilidade estética e artística, privilegiou-se a criatividade e a inovação.

 

Assim, com imaginação, inventividade e flexibilidade, fez-se do terceiro andar uma autêntica galeria de arte onde o traço e a palavra, unidos, fizeram a festa.

Por admin.colegiosteresinha Em 10/11/2021 20:22

Outono lembra a frio, a agasalho, a conforto… Os dias mais curtos chegaram, mas o verão impera, convidando as pessoas a banhos de sol, a passeios ao ar livre, ao convívio pouco recomendado.

Sem frio e sem chuva, trouxe as folhas amarelas, acastanhadas, que, juntas, vão recriando um cenário digno de pintura de galeria. Trouxe, ainda, os ouriços de castanhas e os vendedores pela bela cidade do Funchal.

Neste contexto, faz-se a celebração da chegada da estação do outono, nas salas dos quatro e cinco anos do pré-escolar e em cada nível de ensino do primeiro ciclo.

Reforçando áreas de competências, como a sensibilidade estética e artística, os alunos foram motivados para a realização de trabalhos com recurso a diferentes técnicas e materiais, sob o mote de “dar asas à imaginação”. Os placares vestiram-se, assim, de cores outonais, com ouriços e outros elementos característicos da estação. Contam histórias feitas de cumplicidade e sorrisos, histórias de trabalho cooperativo, de relacionamento interpessoal, não fosse esta a estação do aconchego do lar, do abraço, ainda que espiritual…

 

Antes do inverno chegar, que, neste outono quente, se alcance o bem-estar e saúde!

Por admin.colegiosteresinha Em 10/11/2021 20:01

O Parlamento Jovem Regional é uma iniciativa da Assembleia Legislativa da Madeira (ALM), em parceria com a Secretaria Regional de Educação (SRE), direcionado a todas as Escolas do 3.º Ciclo do Ensino Básico da RAM.

Entre outros objetivos, este projeto visa educar para a cidadania, estimulando o gosto pela participação cívica e política; promover o debate democrático e o respeito pela diversidade de opiniões; incentivar a reflexão e o debate sobre um tema, definido anualmente; estimular as capacidades de expressão e argumentação na defesa das ideias; sublinhar a importância da sua contribuição para a resolução de questões que afetem a sociedade, fazendo ouvir as suas propostas junto dos órgãos do poder político.

Vários são os desafios a experienciar nesta ação: a simulação do processo legislativo, no qual inclui pesquisa sobre a temática, a elaboração de um projeto de recomendação com medidas legislativas e a eleição de representantes.

Sob a dinamização da professora Ana Joana Silva, o Colégio de Santa Teresinha participa na XXII EDIÇÃO deste projeto, cujo tema é “A Recuperação do Património Histórico e Cultural da Madeira".

Assim, pelo PATRIMÓNIO, pela sua beleza e riqueza, aqui se sela o compromisso de estudar formas de o preservar, recuperar e divulgar, não fosse este conjunto de bens, materiais e imateriais, proporcionador de experiências memoráveis e uma aprendizagem indispensável à formação da identidade.

 

E, a pensar na formação dos alunos como cidadãos atentos, capazes de pensar crítica e autonomamente, com competência de trabalho colaborativo e com capacidade de comunicação, o empenho neste projeto é já uma realidade!

 

Por admin.colegiosteresinha Em 10/11/2021 19:47

No dia 29 de outubro, todos os alunos do 1.º ciclo, do Colégio de Santa Teresinha, realizaram um magusto, no pátio.

Para celebrar o Pão por Deus, que é no dia 1 de novembro, também conhecido como o Dia de Todos os Santos, os alunos participaram no tradicional magusto.

Todos, à hora marcada, se concentraram no pátio, onde havia um local preparado para a fogueira. Primeiro, os funcionários espalharam, no chão, caruma (folhas secas do pinheiro) e depois, por cima desta, as crianças lançaram castanhas retalhadas. As castanhas foram cobertas de caruma. De seguida, foi ateado fogo à caruma, que imediatamente ardeu, assando as castanhas.

Entretanto, os alunos dos 4.º anos saltaram à fogueira, divertindo-se imenso.

Quando as castanhas já estavam bem assadinhas, foram retiradas da fogueira e distribuídas aos alunos. Alguns colocaram-nas dentro de cones, preparados e decorados anteriormente na sala de aula.

Por fim, as crianças puderam saborear as deliciosas castanhas e degustar outras iguarias próprias desta época, por exemplo figos secos, amendoins, nozes, passas e outros frutos.

Foi desta forma divertida que os alunos do 1.º ciclo de Santa Teresinha celebraram o Pão por Deus.

(Notícia escrita pelos alunos do 4.º B)

 

Por admin.colegiosteresinha Em 04/11/2021 20:56

 

«Para a gente ter saúde

E sentir-se equilibrada

É necessário que mude

Uma coisa ou outra errada.

 

Falar de alimentação

Que racional deve ser

Quer dizer ter atenção

Ao que vamos comer.

[…]»

Areias, Conceição, Onde meto o meu nariz?

 

 

É Verdade! É preciso ter atenção ao que vamos comer e estamos certos de que os nossos alunos do 6.º ano aprenderam muito bem a lição.

«Boa alimentação VS má alimentação» é o nome da exposição que embeleza o 3.º andar do nosso Colégio. Os trabalhos resultam da abordagem ao tema “Alimentação equilibrada e segura”, que se insere nos conteúdos programáticos da disciplina de Ciências Naturais.

De acordo com o COSI Portugal 2019, coordenado pelo Instituto Nacional de Saúde Ricardo Jorge (INSA), 15,3% das crianças de 8 anos são obesas, sendo 5,4% obesidade severa, e 10,8% das crianças de seis anos sofrem do mesmo problema, sendo, neste último caso, 2,7% uma obesidade severa.

A obesidade é uma doença crónica caracterizada pelo excesso de gordura corporal, causando prejuízos à saúde da pessoa. Entre outros efeitos, é de destacar o colesterol alto, pressão alta, doenças cardiovasculares precoces, diabetes, problemas precoces nos ossos e problemas de pele. Assim, as pessoas nesta condição apresentam uma baixa qualidade de vida, que se reflete em termos pessoais, sociais e emocionais.

Torna-se fundamental prevenir esta doença!

Para assinalar o Dia Mundial da Alimentação, a 16 de outubro, os alunos puderam compreender a importância de uma alimentação equilibrada e segura, observaram práticas saudáveis e não saudáveis, exploraram benefícios e riscos para a saúde humana associados a uma boa ou má alimentação.

Este trabalho culminou com a preleção, no dia 22 de outubro, da nutricionista Dr.ª Joana Abreu, que, contemplando, à vez, cada turma do 6.º ano, abordou a temática, consolidou aprendizagens e esclareceu as dúvidas dos nossos meninos e meninas. 

 

Por admin.colegiosteresinha Em 03/11/2021 11:06
Por admin.colegiosteresinha Em 30/10/2021 18:34

Diz a música que “A Madeira é um Jardim, / A Madeira é um Jardim, / No mundo não há igual, / No mundo não há igual […]”. Cedo as crianças aprendem o Bailinho da Madeira, canção que faz parte da nossa cultura, espelha as nossas gentes e atiça o nosso sentimento de identidade. Terra de muitas flores, festividades e alegria, gastronomia de “fazer crescer água na boca”, seja o típico bolo do caco servido antes da tradicional espetada, seja a carne em vinha d'alhos que se come pelo Natal, seja a poncha de aguardente e mel, iguarias únicas que fazem as delícias dos locais e dos visitantes. Paisagens naturais nunca vistas, passeios pela Natureza, acolhimento caloroso, casas típicas de localidades e épocas, festa do vinho, cortejo de Carnaval e grande espetáculo pirotécnico que presenteia a chegada do Ano Novo.

Razões não faltam para termos orgulho da nossa Ilha e não faltam, também, aspetos que podem ser utilizados para promover o destino Madeira. Numa época em que a retoma do turismo vai acontecendo lentamente e sendo esta atividade a base da economia madeirense, os alunos do 9.º ano de escolaridade elaboraram cartazes de promoção da Ilha da Madeira, da sua cultura e dos seus produtos típicos. Este trabalho foi orientado pela disciplina de geografia, no âmbito do conteúdo programático que aborda a atividade turística.

Conclui-se com a certeza de que os nossos operadores turísticos ficariam deliciados com os cartazes dos nossos alunos. Espreitem a sua arte na nossa galeria! 

Por admin.colegiosteresinha Em 18/10/2021 08:21

No âmbito da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, os alunos do 6.º ano realizaram um trabalho de projeto, com o intuito de sensibilizar para a proteção e respeito pelos animais.

O dia 4 de outubro, Dia Mundial do Animal, ficou marcado pela iniciativa dos alunos que, como agentes promotores do amor pelos animais, bem como de uma responsabilidade e sentido de humanismo cuja premência se impõe cada vez mais, souberam responder ao desafio proposto, com muita alma e a determinação do costume.

Proteger e respeitar incluem, naturalmente, alimentar, zelar pelo bem-estar dos animais e brincar com eles, sejam domésticos ou selvagens. E, acima de tudo, nunca os abandonar! Premissas fundamentais para uma sociedade que queremos mais ativamente participativa, humanista e solidária.

E, assim, os alunos do 6.º ano estão de parabéns por terem deixado a sua marca indelével na contribuição para um mundo melhor, um planeta mais saudável, um futuro mais garantido.

 

Por estes e por todos os seres vivos, caminhemos com amor e responsabilidade!

Por admin.colegiosteresinha Em 06/10/2021 08:58

(E)terna Santa das Rosas

Na passada sexta-feira, 1 de outubro, a comunidade do Colégio de Santa Teresinha empenhou-se numa honrosa homenagem à sua padroeira, Santa Teresinha.

Nascida Marie Françoise Thérèse Martin, Santa Teresinha do Menino Jesus deixou um exemplo simples de cultivar a vida espiritual. Um caminho árduo, marcado pela perda da mãe aos quatro anos, fê-la acreditar que o coração do homem, mesmo na sua pequenez, acaba por ser reconhecido pelo amor de Deus.

A “pequena rainha da França e de Navarra”, assim agraciada pelo carinho especial do seu pai, depois de um percurso de caridade e de extrema humildade, foi beatificada pelo Papa Pio XI, que a considerava a «estrela do seu Pontificado», «uma palavra de Deus», e, mais tarde, canonizada.

Como forma de glorificar a também padroeira universal das missões católicas, foram muitas as iniciativas implementadas em cada sala de aula, do pré-escolar ao terceiro ciclo. Não faltaram os placares bem ornamentados com trabalhos criativos e materiais diversificados. Um mural com as flores prediletas da Santa foi construído, sob a aclamação dos seus atributos, podendo-se, entre outros, ler “guerreira”, “humilde”, “cuidadora”. Com a lição de cada sábio pensamento da Santa Teresinha, foram registadas palavras-chave da sua ação em pétalas, que, juntas, deram lugar a uma bela e vistosa rosa.

Nesta caminhada há pouco iniciada, exigente e tão desafiante, é sempre hora de pedir proteção, amor e esperança imensa.

Ó Santa Teresinha, exemplo de alma, rogai por nós!

Querida padroeira, coração misericordioso, ouvi as nossas preces!

Por admin.colegiosteresinha Em 06/10/2021 08:42

“Ó gente da minha terra!”

Os músicos madeirenses foram enaltecidos no Dia Mundial da Música, a 1 de outubro, no Colégio. Tudo partiu do projeto desenvolvido pela disciplina de educação musical junto dos alunos do sexto ano de escolaridade. Tiveram, em primeiro lugar, de escolher um músico madeirense; depois, pesquisar a sua vida e obra; por fim, construir um cartaz apelativo sobre a personalidade selecionada. E o resultado está à vista no primeiro andar da instituição. Criatividade e trabalho!

Muita gente da terra, mais ou menos presente, foi, então, assinalada. Entre tantos nomes sonantes da música madeirense, Maximiano de Sousa ganhou um especial destaque na galeria dos grandes imortais. Do sonho de barbeiro, alfaiate formado,  a um dos mais populares artistas portugueses, Max  deixou grandes êxitos como “Noites da Madeira”, “Bailinho da Madeira” e “A Mula da Cooperativa”.

Aproveitou-se, por último, a efeméride para vincar as vantagens desta forma de arte que, adorada por milhões de pessoas espalhadas pelo mundo, é capaz de unir povos e de cimentar a paz. Melhorar a comunicação, criar laços e fomentar a partilha, eis outros propósitos da música. 

Por admin.colegiosteresinha Em 03/10/2021 17:11
Por admin.colegiosteresinha Em 20/09/2021 18:23

Com poesia, música, fotografia e valores, assim se deu início ao novo ano letivo. Sem angústia e devagarinho, com calma, tudo foi acontecendo, não fosse Santa Teresinha a (e)terna padroeira e protetora dos discípulos da sua nobre casa.

Os professores prepararam as suas salas para bem acolher os protagonistas de 2021/2022. Não faltaram as notas de boas-vindas com palavras bordadas a cor e magia. Pela primeira vez, todo o elenco dos segundo e terceiro ciclos foi recebido pelas fotografias criativas dos seus mentores, os seus professores, distribuídas no placar do terceiro andar, junto ao elevador. Saídos de um filme de animação pareciam e muita alegria semearam junto dos seus alunos. Pelos corredores e escadaria, admirando os candeeiros apelativos cheios de cor e de sabedoria, os alunos foram caminhando para o seu palco, salas de aula, revestidas de alegria e frescura.

Depois, outros placares, sob o projeto interdisciplinar do ano transato “EcoValores”, lembraram, neste arranque, que o caminho era para se fazer com valores, com responsabilidade e respeito pela casa de todos, o “planeta azul”.

Assim, entre palavras sábias e belas, como as de Miguel Torga, se registou que cada um tinha talento para fazer o seu destino. O importante era ser persistente perante as adversidades e nunca desistir. Partir com destemidez como os heróis do passado e tantos do presente (cada vez mais desafiante)!

 

Bom ano letivo a toda comunidade!

Por admin.colegiosteresinha Em 07/09/2021 13:14
Por admin.colegiosteresinha Em 02/09/2021 19:38
Por admin.colegiosteresinha Em 14/08/2021 09:50
Por admin.colegiosteresinha Em 12/07/2021 14:00

Foi na tarde de 5 de julho que, reunidos no Colégio de Santa Teresinha, se ouviu o distinto Secretário Regional da Educação, Ciência e Tecnologia, Dr. Jorge Carvalho, a percorrer os novos caminhos da educação.

A Superiora Provincial das Irmãs Franciscanas de Nossa Senhora das Vitórias, Ana Freitas Marques da Silva, fez as honras de abertura, apontando a relevância da temática nas escolas da sua instituição, que “encaminhar” para a excelência, sob os valores da “Boa” serva de Deus, era missão.

Despertada a atenção dos presentes, cerca de 110 professores da Província do Coração de Maria, o Secretário, partindo do pensamento do líder indiano, Mahatma Gandhi, afirmou que o futuro dependia das ações do presente.

Depois de garantir que, em matéria de percursos, não existia um único, pois, já à nascença, estimulado era o ser humano por um conjunto de “caminhos”, apresentou quatro biografias para realçar a importância do professor. Evidenciou que as suas atitudes marcavam vidas. Ao encorajar, devia respeitar as vontades dos seus alunos. Orientar e acompanhar sonhos. Não comprometer.

Das histórias interessantes à igualdade versus equidade. Defendeu o princípio da equidade na educação, ressalvando que pessoas diferentes tinham necessidades diferentes e precisavam, efetivamente, de soluções diferentes para oportunidades iguais poder beneficiar.

Tornando saliente o conhecimento, a base de toda a criatividade e inovação, alegou ser o saber que capacitava as pessoas, fundamental para pensar de forma diferente, encontrar respostas novas para novos problemas e comunicar. Assim sendo e parafraseando o pensamento partilhado do autor Gilberto Garbi, para dirigir a enorme massa de conhecimento, é necessário haver pessoas com vasta cultura.

Na era da globalização dos mercados, da tecnologia e da cultura digital, urge, no entender do Secretário, saber um pouco de tudo. Há que ser mais radical, destemido, ter pensamentos novos, num contexto diferente onde o digital impera e o professor deixou de ser o protagonista em prol dos seus alunos. Deixou o apelo para uma lógica de maior flexibilidade nas escolas. Conhecer pessoas, instituições e lugares era crucial, na aquisição de competências sociais, pois não basta o domínio do cognitivo para se vingar num tempo exigente de grande competitividade. Há, então, de conhecer e de experimentar para bem motivar na sala de aula. Consumir e vender boas experiências.

Antes do espaço para partilha de questões, o orador recomendou a leitura do livro do professor e investigador Daniel Susskind, Um Mundo sem Trabalho, no sentido de alertar a comunidade escolar para as consequências advindas do avanço da tecnologia, um progresso que não tornará os humanos prescindíveis, mas atribuí-los-á um lugar diferente no mundo laboral, outra liberdade, outras exigências.

À questão sobre a dimensão dos currículos em Portugal, o Secretário confirmou que os eram, na verdade, extensos, assim como o número de aulas. Acrescentou que os portugueses eram demasiado metódicos e levavam, rigorosamente, o cumprimento dos mesmos. O ideal seria, na sua perspetiva, cumprir o currículo à medida de cada meio, com flexibilidade, parceria e partilha.

E assim, neste encontro, se fez justiça ao sentido literal do termo “educação”, que, do latim “educare”, remete para o guiar, o conduzir para o conhecimento e a prática de saberes diversos.

Que não se esqueça, nesta era da informação, dos ensinamentos da (e)terna Mãe, Irmã Mary Jane Wilson, que prevê, em máximas como estas, o essencial da missão terrena:

«Quem me dera que todas as crianças do mundo tivessem pão, soubessem ler, aprendessem a catequese e amassem a Deus.».

Por admin.colegiosteresinha Em 12/07/2021 13:56

Aliando-se às editoras Imprensa Académica e Cadmus, o Colégio organizou, entre 22 e 23 de junho, uma feira do livro, no terceiro andar do edifício principal, com o objetivo de estimular hábitos de leitura, cultivar o gosto pelo livro e motivar para a leitura de autores madeirenses.

Foram muitos os títulos em exibição. Entre outros, O Pescador e A Bordadeira, de Rafaela Rodrigues; À Descoberta da História da Diocese Global, Luísa Antunes Paolinelli; De Férias em Santa Cruz, de Carlos Diogo Pereira; Uma História do Mar à Serra, de Andreia Nascimento; A Mão de Sangue, de João Augusto de Ornelas.

Alguns alunos do primeiro ciclo, amantes de futebol, adquiriram o livro de Andreia Nascimento – Os Mágicos da Choupana. Sob a forma de estórias, este contempla alguns marcos assinaláveis do Clube Desportivo Nacional, instituição que constitui, desde a sua origem, um verdadeiro agente de desenvolvimento social, cultural e identitário da Madeira. Uns optaram pela obra A Casa da Cultura, Carlos Diogo Pereira, pelas belas ilustrações e pelo propósito de conhecer o Teatro Municipal de Baltazar Dias, a casa da Cultura, no Funchal. Outros títulos foram escolhidos, para leitura de férias, com grande entusiasmo.

Entre os alunos dos segundo e terceiro ciclos, as preferências recaíram no livro de José Viale Moutinho - Contos Populares e Lendas das Ilhas da Madeira e Porto Santo e em Saias de Balão, de Ricardo Nascimento Jardim. O primeiro apresenta contos populares e lendas das ilhas da Madeira e do Porto Santo, cobrindo todos os concelhos, chegando mesmo às longínquas ilhas Selvagens. O segundo é um romance histórico que retrata a sociedade funchalense no século XIX: classes abastadas e classes humildes; dos bairros humildes às quintas; o vinho e o turismo; a comunidade inglesa; o papel da mulher; a emigração; registo escrito de sotaques e expressões.

 

Boas escolhas… Porém, o importante é, sempre, ler. LER mais para bem crescer!

Por admin.colegiosteresinha Em 12/07/2021 13:56

Mais um ciclo chegou ao fim para muitos dos alunos do Colégio de Santa Teresinha. Uma caminhada carregada de tanto. Um tempo único construído com valores e emoções, exemplos de vida e aprendizagens que ficarão para sempre.

No pré-escolar, os meninos, para festejar o seu percurso, apresentaram, no ginásio, muito daquilo que foram aprendendo nas atividades extracurriculares. Entre outros, momentos houve de karatê, de música, de dança e de canto.

Junto dos alunos de quarto ano, muitas lágrimas derramadas se assistiu junto da professora que ensinou a ler e a escrever. Não há palavras para tamanha arte e engenho! Despediram-se, assim, com leituras, canto e coreografias numa Eucaristia que contou com a presença do encarregado de educação. Depois de receberem um diploma, pousaram para a fotografia, riram e tanto se emocionaram. Dentro e fora da sala, foram comemorando as vivências até 30 de junho.

No segundo ciclo, os alunos fizeram a sua despedida numa Eucaristia muito especial com belos cânticos e leituras bem expressivas. Emocionados, receberam um diploma e foram surpreendidos por um convívio na cantina.

Por último, o terceiro ciclo, uma grande caminhada para muitos que a iniciaram na instituição aos quatro anos de idade. Houve uma Eucaristia com a presença dos encarregados de educação; demonstrações de grande afeto aos professores, à direção, ao pessoal não docente, por parte de cada turma finalista; a entrega de diplomas e de um anuário; a oferta aos finalistas de um bloco com os pensamentos que fizeram parte da vida do colégio neste último ano letivo. Pensamentos publicados, semanalmente, no site. Depois de tanta partilha, lágrimas e muitas fotografias, foram encaminhados para a surpresa no terraço do colégio, um bolo gigante com a fotografia de todos os finalistas. Que emoção sob uma vista magnífica a combinar com os protagonistas que partem, mas, como dizia o escritor aviador, não vão sós e deixam tanto de si na casa de Santa Teresinha.

 

«Pelo sonho é que vamos,

Comovidos e mudos.

[…]

- Partimos. Vamos. Somos.»

 

                 Sebastião da Gama

Por admin.colegiosteresinha Em 12/07/2021 13:51

Antes de fechar as notícias acerca deste ano letivo, há que dar conta de boas práticas como o projeto interdisciplinar – ECOVALORES – que colocou as disciplinas de português, formação pessoal e social e educação moral e religiosa católica (EMRC) “em campo”.

Tudo começou com a leitura analítica do poema de Eugénio de Andrade, “Urgentemente”, em que os alunos, mantendo a estrutura do mesmo e utilizando o vocabulário abordado na unidade letiva – “Ecologia e Valores” de EMRC, compuseram um poema original. Depois, elaboraram, a partir do mesmo, um poema visual. O resultado foi surpreendente, conforme atestam as imagens.

Nesta operacionalização, os alunos ficaram capazes de discutir o conceito Ecologia para um mundo sustentável, de questionar razões e situações que conduzem a comportamentos destrutivos para com a natureza, de valorizar os valores da responsabilidade, respeito e gratidão e de redigir, criativamente, um texto em verso.

 

Assim se apelou para a urgência de cuidar, conservar e reflorestar o planeta. E muito se sensibilizou para a gratidão e a responsabilidade com a Natureza. Com valores, tanto se consegue concretizar!

Por admin.colegiosteresinha Em 05/07/2021 21:47
Por admin.colegiosteresinha Em 04/07/2021 16:57

 

                       

 Almoço 

Almoço - Vegetariano


 

Por admin.colegiosteresinha Em 04/07/2021 16:45

Apesar de estarmos a chegar ao fim do ano letivo, muito se trabalha no nosso Colégio e há sempre espaço para mais uma exposição. Desta vez, vamos às plantas e aos animais, elementos fundamentais da Mãe Natureza, sem os quais a vida do Homem estaria comprometida.

Assim, na disciplina de ciências naturais, e de acordo com a temática “Importância da proteção da biodiversidade animal”, os alunos do 5.º ano do ensino básico foram orientados a operacionalizar um trabalho de pesquisa sobre um animal extinto ou em vias de extinção. 

Completando o projeto anterior, os mesmos alunos elaboraram, também, uma pesquisa sobre as plantas endémicas da Madeira, cumprindo o conteúdo programático que recai sobre a diversidade das plantas.

Na mesma disciplina, os alunos de 6.º ano do ensino básico realizaram uma pesquisa sobre a utilidade das plantas na RAM, trabalhando-se, desta forma, a importância das plantas na sua relação com a sociedade.

Abordados os conteúdos gerais, privilegiou-se o património local, ou seja, o estudo das plantas e dos animais, tendo por referência o espaço geográfico onde o aluno se inseria e a cultura desenvolvida. Nesse sentido, surgiram as relações da cana-de-açúcar ao mel de cana, da linhaça ao bordado madeira, do vime à cestaria. No âmbito das plantas endémicas da Madeira, o gerânio-da-Madeira, o ensaião, o massaroco, o loureiro e o til sobressaíram neste estudo.

 

Já no campo dos animais, as fronteiras portuguesas foram ultrapassadas, fazendo surgir o panda vermelho, a borboleta azul, o leopardo-de-Amur, o urso polar, a arara azul, os társios, entre outros. Espaço houve, também, para o nosso amigo lobo-marinho e para os golfinhos tão conhecidos da nossa gente.

Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2021 10:13

CAMPEONATO REGIONAL DE RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS DE MATEMÁTICA

Na passada sexta-feira, 18 de junho, realizou-se a segunda fase do AgenteX - “Investigação Final”, entre as 13h30 e as 15h00, no edifício principal do Colégio de Santa Teresinha. Nesta prova individual, participaram os “agentes” com melhor classificação na Fase de Investigação, que consistia na resolução de dez casos (problemas), ocorrida até maio.

Assim sendo, no campeonato “mini”, estiveram em prova os alunos do 6.º C: Manuel Franco e Miguel Franco; no “max”, do 7.ºA:  Alexandre Neves e Diogo Silva. Na final, tiveram, como desafio, seis problemas, três de escolha múltipla, em que a avaliação recai sobre a opção corretamente selecionada, e três de resposta aberta, em que a classificação valoriza todo o processo de resolução apresentado.

Posteriormente, corrigidas as provas, são premiados os três melhores Agentes do campeonato “AgenteXmini” e os três melhores do “AgenteXmax”. Para todos, há um prémio de participação e um certificado.

Porém, o que conta é, de facto, a participação nesta iniciativa que, além de um complemento ao processo de ensino/aprendizagem da Matemática, promove o gosto pela disciplina e o espírito de competição e iniciativa.

E, uma vez mais, na resolução de problemas, provou-se que a matemática é crucial no crescimento integral de qualquer “agente” que se quer grande, concentrado e realizado.

 

Muitos são os benefícios desta ciência. APRENDER A PENSAR para boas decisões tomar!

Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2021 10:05

Foi operacionalizado, no âmbito do Apoio de Português Língua Não Materna (PLNM), um projeto intitulado “A Tua Língua Não Me É Estranha!”.

Ao longo do terceiro período, as alunas Erika Pérez e Stefani Teixeira realizaram, ao longo das aulas de apoio, toda uma atividade de pesquisa e tratamento de dados para posterior elaboração de um trabalho a apresentar nas turmas de 5.º ano.

Erika e Stefani, duas alunas extremamente dedicadas e responsáveis, quiseram partilhar com os colegas mais novos algumas informações relacionadas com o seu país de origem, a Venezuela.

A localização da Venezuela, a sua capital, o idioma, a educação, a religião, a gastronomia e as festividades foram alguns dos temas abordados ao longo da apresentação, tendo as alunas não só conquistado a atenção e o carinho dos colegas como também uma participação bastante ativa dos mesmos.

Do esforço de duas alunas de PLNM à empatia e curiosidade dos alunos na aula de português. E, assim, pela inclusão, com responsabilidade, criatividade e muita garra, é que vamos! 

Por admin.colegiosteresinha Em 26/06/2021 09:51

Por ocasião da abordagem do conteúdo programático referente ao texto publicitário, os alunos do segundo ciclo construíram os seus próprios anúncios, quer comerciais, quer não comerciais ou institucionais, dando largas à sua imaginação, sensibilidade e criatividade.

Num projeto a que deram o nome de “Publicidade Transparente… Para uma Escolha Consciente”, os alunos, para além de aplicarem efetivamente os conhecimentos adquiridos e assimilados,  (inter)agiram em conformidade com aquelas que devem ser as regras de uma publicidade correta e assertiva, pois, enquanto consumidores, antes de tudo, serão sempre confrontados com todo o tipo de apelos por parte de uma sociedade que nem sempre tem como prioridade o respeito por essas mesmas regras e pelos valores morais e sociais inerentes a uma realidade que queremos igualitária e responsável!

Mais uma vez, o segundo ciclo está de parabéns pelo seu trabalho. Um trabalho recheado de dedicação e responsabilidade! Amor e criatividade!

 

Por admin.colegiosteresinha Em 20/06/2021 19:45

 

                       

 Almoço 

Almoço - Vegetariano


 

Por admin.colegiosteresinha Em 13/06/2021 21:43

É com brio que, pelo oitavo ano consecutivo, o Colégio de Santa Teresinha participa no Concurso “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas”, dirigido aos alunos dos estabelecimentos de ensino básico, secundário e profissional por ocasião das comemorações do dia 10 de junho.

Esta iniciativa do Representante da República para a Região Autónoma da Madeira, Ireneu Cabral Barreto, visa associar as gerações mais novas às comemorações do dia 10 de junho, premiando os melhores textos individuais, relativos às temáticas evocadas nesta efeméride.

O texto da aluna Victória Freitas de Castro foi galardoado com a menção honrosa, entregue pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, na tarde de 8 de junho, no Palácio de São Lourenço.

Depois de ouvir o texto da aluna vencedora e de o considerar primoroso, o Presidente da República teceu um discurso amplamente motivador para todos os presentes, em especial para as quatro alunas premiadas. Enalteceu-lhes a arte de escrever muito bem na língua portuguesa e apelou para que tivessem sempre orgulho em ser portuguesas. Realçou a importância de viver uma experiência como aquela e de lá estar pela pátria, um momento marcante, de grande crescimento.

No grupo convidado do Colégio de Santa Teresinha, além da professora de português de nono ano e da aluna premiada, na companhia dos seus pais, estiveram presentes os alunos participantes: Carolina Quaresma Azevedo Santos, João Bernardo de Jesus Ghira, Leonor Fernandes de Gouveia e Mara Rafaela de Freitas António Sousa Rocha. Com brio, ofereceram ao Presidente o livro sobre a fundadora do seu colégio O Percurso Madeirense da Venerável Irmã Wilson segundo a imprensa regional (1881-1916) – da autoria de Duarte Mendonça. A caridosa “Boa Mãe”!

Foi com a alma cheia que as alunas participantes do Colégio de Santa Teresinha saíram do evento. Discurso inspirador, atitude calorosa, palavras certas, vontade em ser e lutar por Portugal. Bem-haja!

 

Na “pequena grandura dum batel”, a sonhar e a concretizar o esplendor de Portugal! 

 

Por admin.colegiosteresinha Em 13/06/2021 21:32

A 5 de junho, o aluno Santiago Vieira do 4.º C assistiu à prova final de palco do Concurso Nacional de Leitura, no Templo da Poesia, Parque dos Poetas, em Oeiras.

A delegação da Madeira foi muito bem recebida pelas comissárias da iniciativa. O aluno Santiago fez-se acompanhar pela professora Fátima Andrade e a sua encarregada de educação. O evento decorreu durante a manhã e foi transmitido em streaming devido à pandemia da COVID-19. Porém, os alunos da Madeira tiveram a honra de assistir, ao vivo, à cerimónia final do Concurso, apresentada por José Carlos Malato.

Além desta festa em palco, houve, ainda, a possibilidade de uma visita ao Aquário Vasco da Gama, após um almoço agradável no terraço do Templo da Poesia.

Com poesia, património e convívio, fez-se o encerramento do Concurso que visa estimular o gosto e o prazer da leitura para melhorar o domínio da língua portuguesa, a compreensão leitora e os hábitos de leitura.

 

Que se continue a voar sem ter asas e a viajar sem sair do lugar!

Por admin.colegiosteresinha Em 11/06/2021 09:11

SER CRIANÇA é ter o sonho de voar, de crescer e de brilhar.

É construir um mundo de sonhos, depositando a esperança de os concretizar.

É brincar com a simplicidade de imitar os adultos.

É crescer com a certeza de que é necessário superar desafios.

É festejar cada dia como se não houvesse amanhã.

SER CRIANÇA é ter um sorriso fácil, é desejar ser um herói, é imaginar-se no topo do mundo, é ser grande, sendo pequenino.

Ah! Como é bom ser criança!

Pelas crianças, concretizamos a nossa missão; nas crianças, depositamos as nossas esperanças; assim sendo, celebramos o Dia da Criança.

Entre gelados e bolas de sabão, aqui se fez a delícia do dia 1 de junho. Os placares devidamente decorados assinalaram, com cor e alegria, esta efeméride.

Não faltaram os jogos no átrio, o cinema e a confeção de doces na sala de aula. Os alunos do 1.º ciclo ainda tiveram a experiência de um dia sem farda. “Que fixe!”, exclamavam.

Dos mais pequenos aos maiores, ninguém ficou esquecido. Foi um dia verdadeiramente especial para as crianças de Santa Teresinha, confirmado em cada sorriso de felicidade. Nas palavras de imensa gratidão.

Feliz dia da criança!

© 2022 Colégio Santa Teresinha