Escola Minimizar

  Caracterização da Escola

 

O registo da criação de um estabelecimento de ensino oficial nesta freguesia data de abril de 1914. A escola da Quinta Grande funcionou, durante largos anos, num edifício pré-fabricado, num terreno anexo ao polidesportivo exterior, situado do outro lado da estrada, acima da escola.

A atual escola surgiu no ano de 2004 com novas instalações e a funcionar a tempo inteiro. Esta situação foi fruto da junção das três escolas existentes na freguesia, nomeadamente, a Escola das Fontes, a Escola das Fontaínhas e a Escola da Quinta Grande

 

Com as novas instalações, inauguradas a 13 de outubro, pelo antigo Presidente do Governo Regional da Madeira, Dr. Alberto João Jardim, houve uma melhoria substancial das condições de trabalho, potenciando uma educação com mais qualidade.  

Devido à diminuição do número de alunos do 1.º ciclo e como não havia na freguesia nenhum infantário, no ano letivo de 2011/2012, foi feita uma adaptação na antiga sala de expressão artística e criada uma sala de creche, com lotação máxima de 12 crianças. Atendendo à grande procura desta oferta educativa, no ano letivo de 2013/2014, foram realizadas alterações numa sala de educação pré-escolar, tornando-a em sala de creche, com capacidade para 15 crianças, e uma sala de 1.º ciclo passou a ser utilizada por uma turma de educação pré-escolar. É de salientar que esta é a única escola pública do concelho de Câmara de Lobos com valência de creche.

 

    - Localização e História da Freguesia

A Quinta Grande é a menor freguesia do concelho de Câmara de Lobos, com 3,89 Km2. Nos registos dos últimos censos (2011), verifica-se que a freguesia tem 2099 habitantes, tendo sofrido um decréscimo em relação aos censos de 2001, em que eram 2156 habitantes. É a freguesia com a menor percentagem de população do concelho de Câmara de Lobos.

Situa-se na vertente sul e parte oeste da ilha da Madeira, distando 10 km do Funchal, 7 km da Ribeira Brava e 8 km da sede do concelho. Esta freguesia localiza-se numa zona alta do município da Câmara de Lobos, tendo o vento forte e o denso nevoeiro como principais caraterísticas meteorológicas. A Quinta Grande tem um clima temperado, verificando-se períodos mais frescos e chuvosos no inverno. De caraterísticas eminentemente rurais, a freguesia estende-se das encostas das serras que a circundam, como a do Cabo Girão, descendo através de íngremes veredas, que se interpõem entre as casas e os campos de cultivo, até ao mar e à Fajã dos Padres.

O ano de 1848 foi um momento crucial da história desta localidade. A Quinta Grande foi elevada à categoria de paróquia autónoma, sendo esta a data a que corresponde a criação da freguesia. Terá sido João Gonçalves Zarco o primeiro proprietário dos terrenos, passando a posse a alguns dos seus descendentes. Em 1595 os terrenos terão sido vendidos aos Jesuítas. Despojados dos seus bens em 1759, realizou-se, nos anos seguintes, a arrematação da renda do mesmo prédio, e em 1770 foi vendido em hasta pública a João Francisco de Freitas Esmeraldo. Até chegar à sua atual denominação de freguesia da Quinta Grande, numa alusão evidente à grandeza, em termos da sua dimensão como propriedade, os terrenos que a constituem passaram por diversas denominações, na maior parte das vezes, relacionadas com o seu proprietário. Os monumentos existentes resumem-se à igreja matriz e de Nossa Senhora de Fátima,situada no alto do Cabo Girão (um dos mais altos promontórios do mundo e o maior da Europa, com cerca de 580 metros de altitude), é um dos monumentos de grande interesse religioso e turístico, e às capelas da Vera Cruz e de Santo António, esta última pertencente à família Almada. A escola está situada na rua Padre António Silvino Gonçalves de Andrade, em homenagem a esta personalidade. Nascido no Campanário, a 12 de setembro de 1822, e falecido em Câmara de Lobos, a 4 de março 1902, foi pároco da Quinta Grande e proprietário da Quinta do Pomar onde, anexo ao respetivo solar, mandou construir a capela de invocação a Santo António. Além da sua vida religiosa, terá exercido também funções de professor primário e chegou a estar à frente da presidência da Câmara Municipal de Câmara de Lobos. 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

       

 


  
EB1 Com PE e Creche da Quinta Grande