Cronograma

Minimizar
Arquivo
<novembro de 2023>
domsegterquaquisexsáb
2930311234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293012
3456789
Mensal
abril de 2024 (5)
março de 2024 (2)
fevereiro de 2024 (6)
janeiro de 2024 (10)
dezembro de 2023 (3)
novembro de 2023 (3)
outubro de 2023 (4)
julho de 2023 (14)
junho de 2023 (15)
maio de 2023 (6)
abril de 2023 (19)
março de 2023 (7)
fevereiro de 2023 (9)
janeiro de 2023 (12)
dezembro de 2022 (7)
novembro de 2022 (2)
outubro de 2022 (4)
setembro de 2022 (1)
julho de 2022 (17)
junho de 2022 (12)
maio de 2022 (8)
abril de 2022 (6)
março de 2022 (9)
fevereiro de 2022 (1)
janeiro de 2022 (1)
dezembro de 2021 (12)
novembro de 2021 (9)
outubro de 2021 (5)
setembro de 2021 (3)
agosto de 2021 (1)
julho de 2021 (7)
junho de 2021 (11)
maio de 2021 (9)
abril de 2021 (6)
março de 2021 (5)
fevereiro de 2021 (9)
janeiro de 2021 (3)
dezembro de 2020 (9)
novembro de 2020 (15)
outubro de 2020 (4)
setembro de 2020 (2)
agosto de 2020 (3)
junho de 2020 (2)
abril de 2020 (4)
março de 2020 (3)
fevereiro de 2020 (1)
setembro de 2019 (1)
agosto de 2019 (3)
junho de 2019 (1)
maio de 2019 (3)
abril de 2019 (1)
março de 2019 (8)
fevereiro de 2019 (1)
janeiro de 2019 (2)
dezembro de 2018 (1)
novembro de 2018 (4)
outubro de 2018 (3)
setembro de 2018 (3)
agosto de 2018 (3)
julho de 2018 (8)
junho de 2018 (1)
fevereiro de 2018 (1)
janeiro de 2018 (4)
dezembro de 2017 (2)
agosto de 2017 (6)
junho de 2017 (7)
maio de 2017 (2)
abril de 2017 (2)
março de 2017 (1)
novembro de 2016 (8)
outubro de 2016 (6)

Go

Notícias

Minimizar
Por admin.colegiosteresinha Em 20/11/2023 13:40

 

No âmbito da disciplina de inglês, os alunos do 2.º ciclo de escolaridade elaboraram uma exposição cujo tema foi o Halloween. Os trabalhos foram expostos no 3.º andar do Colégio, de 31 de outubro a 3 de novembro.

Esta exposição surgiu do trabalho voluntário dos alunos, o que demonstra um verdadeiro empenho no âmbito da promoção da interculturalidade.

Desta forma, contribuiu-se para o enriquecimento linguístico e cultural dos alunos, pois, aproveitando para trabalhar a língua inglesa, deu-se a conhecer uma tradição secular anglo-saxónica.

 Por entre abóboras, fantasminhas e chapéus de bruxas, reinando as cores laranja, branco e preto, se concretizou o doce ou a travessura. 

 

Por admin.colegiosteresinha Em 20/11/2023 13:30

A 6 de novembro, o colégio celebrou a Alimentação Saudável, apresentando, no ginásio, um projeto que resultou de um trabalho interdisciplinar entre as ciências naturais, cidadania e desenvolvimento e português, operacionalizado nos segundo e terceiro ciclos.

Neste contexto, foram convidados o nutricionista Bruno Sousa e o escritor Carlos Diogo Pereira para abordar o tema da Alimentação Saudável.

A celebração começou com uma pequena dramatização, protagonizada pelos alunos dos sexto e nono anos, em que se deixou bem claro que o consumo de hortaliças, frutas e legumes é essencial. Depois, o Dr. Bruno Sousa tomou a palavra para lembrar algumas regras básicas da dieta mediterrânica. Vincou, entre outros conselhos, a importância de tomar sempre o pequeno-almoço e iniciar o almoço e o jantar com uma sopa. Por seu turno, o Dr. Carlos Diogo Pereira, no papel de escritor, apresentou o livro Histórias Saborosas com Alimentos da Madeira. Enumerou alguns dos alimentos que vieram de diferentes partes do Mundo e deram origem aos pratos tradicionais madeirenses.

A fechar o evento, houve uma sessão de autógrafos, em que os oradores deixaram uma bela mensagem a cada leitor.

Neste projeto, há, ainda, a ressalvar o trabalho orientado, em sala de aula, pelas disciplinas de ciências naturais e cidadania e desenvolvimento do segundo ciclo. Elaboraram, assim, cartazes sob o tema “Boa alimentação versus má alimentação”, planificaram e puseram em prática uma ementa equilibrada para um dia, respeitando a Roda dos Alimentos e a Pirâmide da Dieta Mediterrânica. Fizeram e partilharam a “ficha técnica” de uma hortaliça, fruto ou legume, num cartaz, onde um “slogan” apelativo se destacou.

Com toda esta dinâmica, reafirmou-se a ideia de que a alimentação diária deve ser completa, equilibrada e variada.

  

Palestra

 

 

Exposição

 

Por admin.colegiosteresinha Em 18/11/2023 21:08

A escritora madeirense Andreia Baptista visitou de novo o Colégio, desta vez para apresentar a sua segunda obra, intitulada Ai! Se eu fosse Zeus.... O convite foi feito pelos meninos dos segundos anos, que, prontamente, foi aceite pela autora.

Conforme proposto pelo grupo de docentes dos segundos anos, a autora iniciou esse agradável encontro, partilhando alguns aspetos pessoais, através de um jogo de identificação de objetos escolhidos por ela, objetos que, de alguma forma, a definem como é hoje. Este jogo consistiu numa atividade divertida, na qual as crianças dos primeiros, segundos e terceiros anos tiveram oportunidade de testar os seus sentidos, tentando adivinhar os objetos através do tato, da audição ou do olfato. Com este jogo sensorial, as crianças ajudaram a autora a reavivar as suas próprias memórias e a revelar aspetos pessoais, não visíveis na nota biográfica do livro, mas que são deveras interessantes.

Tarefa de grande responsabilidade estava destinada aos alunos dos quartos anos, ou seja, ajudar Andreia Baptista a cumprir o propósito do encontro: a apresentação da obra Ai! Se eu fosse Zeus…. Esta atividade foi muito bem defendida por todos, através da representação de um excerto da história. Alguns deram vida aos protestos dos animais do reino Olindo, enquanto outros aplaudiram e aclamaram, numa só voz, uma das personagens da história: "Éris! Éris! Éris! Única forma de ser feliz! Éris! Éris! Éris!", a lebre vaidosa, convencida e arrogante. Será que ela merece esta aclamação? A melhor maneira de descobrir é ler o livro e conhecer a história, bem como a valiosa lição que ela encerra.

Foi um momento com grande significado para os meninos do primeiro ciclo, no qual todos, de formas diferentes, tiveram oportunidade de participar de forma expressiva.

 A autora, por um lado, deu a conhecer um pouco de si, revelando grande humildade e gratidão pelas suas raízes, que são motivo de grande orgulho. Por outro lado, mostrou mais uma vez que a leitura e a escrita não são um "bicho de sete cabeças", mas são desafios superáveis e fontes de belos e divertidos momentos.

 E, assim, o Colégio proporcionou um momento de enriquecimento cultural e de valorização da produção literária madeirense, através da divulgação da obra Ai! Se eu fosse Zeus…”, de Andreia Baptista.

 

Notícias

Minimizar
Tem de ter permissões específicas para poder criar ou editar um blog.
© 2024 Colégio Santa Teresinha